Procon notifica CMTC por aumento no preço da passagem e sugere prática abusiva

O Procon foi para cima da CMTC e quer saber os motivos e o embasamento para o aumento na passagem de ônibus. A companhia já foi notificada  porque o órgão de defesa do consumidor suspeita da existência de prática abusiva no preço da passagem.

Matéria assinada por Marcello Dantas, no Jornal Opção, afirma que ” a superintendência recebeu informações do Setransp sobre empresas credenciadas que, rotineiramente, adquiriam um total de 1.500 bilhetes Sitpass por dia, mas após o anúncio da possível mudança no preço, passou a solicitar mais de 20.000 bilhetes”.

De acordo com o Procon, há indícios de retenção de passagens para especulação e classifica violação ao CDC e é crime contra as relações de consumo