Previsão de melhoria da nota de Goiás no ranking da STN é mais uma notícia que desmascara fake news caiadista de Estado quebrado

As apostas dos especialistas em contas públicas de que o Governo de Goiás elevará de C para B a sua nota no ranking de equilíbrio fiscal da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) é mais um banho de água fria nas insistentes fake news do senador e governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) e seus aliados de que o Estado está quebrado.

A STN, órgão do Ministério da Fazenda (futuro Ministério da Economia) já está calculando as notas dos 26 Estados e do Distrito Federal para 2018. A previsão dos especialistas é de que, tão logo feche as contas deste ano, Goiás terá sua nota elevada de C para B. O rating anual é resultado da média do desempenho das contas nos três anos anteriores. Já no final de 2014, o então governador reeleito Marconi Perillo (PSDB) iniciou um período de forte ajuste, com drástica redução das despesas com custeio, especialmente com pessoal, e foco no investimento.

A elevação da nota de Goiás de C para B coloca em xeque a estratégia política de Caiado de decretar o Regime de Recuperação Fiscal (RRF), uma medida administrativa radical que tem como foco exclusivo desconstruir o legado dos governos de Marconi. Além disso, a RRF desobriga o futuro governador de cumprir os planos de cargos e salários, de realizar novos concursos públicos e fazer investimentos em publicidade oficial na imprensa, além de dar autorização expressa para privatizações, a começar pela Saneago.

Uma bela muleta para Caiado, que montou um governo de forasteiros e diariamente mostra que está perdido diante da missão delegada pelos goianos de comandar a gestão. Amanhã, dia 31, é último dia de Caiado na oposição. Dia 1.º de janeiro de 2019 é o primeiro dia dos quatro anos de Caiado como governador. A ver.