Em artigo, Cileide Alves afirma que Brasil é leniente com “colarinhos brancos”

Em seu artigo dominical em O Popular, a jornalista Cileide Alves diz que a investigação sobre os supostos envolvidos na Operação Monet Carlo está parada, que ninguém ainda foi punido e que até os condenados estão soltos. A única punição foi a cassação do mandato do senador Demóstenes Torres.

A jornalista quer que a Justiça acelere os procedimentos para aplicações de penas aos acusados.

No final do artigo, diz; “Pelo exposto difícil não concordar com a reclamação do procurador da República, Daniel Rezende, um dos investigadores da Monte Carlo, sobre a grande leniência com crimes do colarinho branco no Brasil. Como discordar, também, do ministro Joaquim Barbosa, que disse que os juízes no Brasil são conservadores e, por isso, tendem a preservar o status quo”.