Discurso cafona de d. Iris não empolga militância do PMDB

Há um buraco muito grande entre o discurso cafona, pretensioso, heroico e moralista (bem udenista) da deputada Iris Araújo e o que espera a chamada militância real do PMDB, principalmente a juventude.

Quanto se projeta esta percepção para a sociedade, o buraco é ainda mais fundo.

É só ver a pouca repercussão dos movimentos da parlamentar, como a caravana que não atraiu ninguém do partido nem das cidades por onde passou, por exemplo, e a pouca adesão de internautas ao Twitter da peemedebista (pouco mais de 2 mil pessoasem um Estado de quase 3.500 milhões de eleitores. Caiado e Marconi tem mais de 30 mil seguidores).

Na imprensa, é a mesma coisa: nenhuma linha sobre as ações, impropérios e xingamentos da deputada.

Tudo isso mostra que o discurso raivoso e agressivo da deputada não agrada.

A não ser a sua tropa de choque, alguns poucos jornalistas militantes apaixonados (vide artigo de Vassil Oliveira no site Diário de Goiás) e… ninguém mais.