Policiais que não estejam em serviço estão proibidos de entrarem armados na Pecuária

Portaria baixada no início da noite pelo Secretário da Segurança Pública e Justiça de Goiás, Joaquim Mesquita, proíbe que policiais militares e civis que não estejam a trabalho entrem no Parque de Exposições Agropecuárias de Goiânia portando armas pertencentes ao Estado.

A decisão veio em meio à repercussão da morte do garoto Luan, que morreu após levar um tiro no peito de um policial civil que estava vendo um show no último sábado na Pecuária.