Recados de Paulo Garcia e Otoni ao PMDB: o PT caminha para lançar candidato a governador

Duas ameaças veladas feitas por líderes do PT em Goiás – o prefeito Paulo Garcia e o deputado federal Rubens Otoni – passaram despercebidas pelo PMDB.

Ambos, em meio a declarações à imprensa sobre outros assuntos, enxertaram avisos de que o Partido dos Trabalhadores deve mesmo lançar candidato a governador em Goiás – ou, no mínimo, vai trabalhar duro para alcançar esse objetivo.

Paulo Garcia, ao sair de uma reunião com Lula em São Paulo, disse que a recomendação com o presidente é “ampliar a aliança com o PMDB”, mas que isso não deve ser empecilho para o partido lançar candidato próprio, se tiver condições.

Rubens Otoni afirmou que o PT teve muito mais votos que o PMDB nas eleições municipais de 2012 e, por isso, o partido tem mais credenciais para lançar candidato a governador.

Na surdina, eles estão trabalhando para dar uma rasteira no PMDB.