Jornalistas do POP vão trabalhar nesta quarta de roupa preta em protesto contra salários baixos

Único analista crítico da imprensa em Goiás, o jornalista Euler Belém revela no Jornal Opção online que os jornalistas da equipe de O Popular irão comparecer ao trabalho, nesta quarta-feira, vestidos de luto – isto é, de roupas pretas.

Segundo Euler, “trata-se um protesto contra os “’baixos salários’ da redação e, sobretudo, contra um ‘reajuste’ que consideram defasado”.

O Popular é vítima da mesma crise que assola todos os jornais impressos do mundo: a perda acelerada de leitores e de receita publicitária, atraídos pelo estilo rápido e dinâmico da informação via internet.