Eduardo Campos comete erro grave na fala gravada para as pílulas do PSB em Goiânia

Talvez pela pressa de veicular o material, a pílula em que o presidenciável Eduardo Campos aparece na telinha das emissoras de Goiânia traz um erro grave no manejo sempre complexo da língua portuguesa.

Não se sabe se o texto estava escrito ou se ele falou de improviso mesmo. Normalmente, o político lê o que é exibido no teleprompter, um aparelho que projeta o texto na frente da câmara permitindo que a leitura seja feita sem que a pessoa deixe de olhar para a lente.

Pois, bem.

O fato é que o jovem e promissor governador de Pernambuco machuca os ouvidos dos telespectadores lascando um “encarar de frente…”

Queria o que, companheiro: encarar de costas?

Pegou muito mal a derrapada do padrinho de Vanderlan Cardoso.