Jornalista de São Paulo diz que “A Voz do Brasil” é chata e ultrapassada

Veja reportagem do Portal Comunique-se:

 

O jornalista Ricardo Capriotti, apresentador das rádios Bandeirantes e Bradesco Esportes FM, criticou a obrigatoriedade da transmissão do programa ‘Voz do Brasil’ nessa terça-feira, 21, em seu perfil pessoal no Facebook. Produzido pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), o noticiário vai ao ar de segunda a sexta, sempre às 19h.

“É um abuso e um retrocesso interromper a programação de uma emissora de rádio às 19h para impor a exibição dessa coisa chata e ultrapassada chamada ‘A Voz do Brasil’. Isso não combina com o século 21, e a opinião pública precisa se manifestar para acabar com essa bobagem”, argumentou. A publicação do jornalista foi “curtida” por 218 pessoas e compartilhada 21 vezes.

O noticiário radiofônico público é frequentemente criticado no meio jornalístico, sobretudo por profissionais de veículos com cobertura esportiva. O programa é transmitido por todas as emissoras de rádio do Brasil – exceto algumas emissoras de São Paulo que conseguiram na Justiça o direito de não retransmiti-lo, como a própria Bandeirantes. A atração estatal muitas vezes entra em conflito com as jornadas esportivas, que acabam não sendo veiculadas no meio.