Demorou, mas o casal admitiu o que todo mundo já sabe: Iris é candidato a governador em 2014

Demorou, eles protelaram, mas diante da ameaça de debadanda de parte do rebanho do PMDB para os pastos de Júnior Friboi, o casal Iris-Iris saiu da toca e decidiu assumir a candidatura de Iris Rezende ao Governo do Estado em 2014.

“Iris tem de ser considerado para 2014”, bradou a deputada federal dona Iris Araújo na coluna Giro, de O Popular, desta quinta-feira, onde, aliás – em um tremendo e cabeludo erro de Jarbas Rodrigues – foi partidariamente identificada pelo colunista como PSDB, partido que ela simplesmente odeia.

Para evitar a antecipação de problemas e também desgastes, candidatos a cargos majoritários, em determinadas circunstâncias, costumam protelar o lançamento dos seus nomes. Essa, até agora, era a estratégia de Iris. A chegada de Jùnior Friboi ao PMDB, contudo, mudou o cenário interno do partido.

 

Vejam a nota de Jarbas Rodrigues:

 

Iris tem de ser considerado para 2014”, diz deputada Iris de Araújo

A deputada federal Iris de Araújo (PSDB) diz que a filiação do empresário José Batista Júnior ao partido está pacificada, mas que é um fato político deste ano. “Candidaturas serão decididas apenas no próximo ano. Filiação é uma coisa, candidatura é outra. É evidente que Iris Rezende tem de ser considerado para 2014. Se querem tê-lo na eleição estadual, precisam respeita-lo”, diz ela numa referência aos deputados do próprio PMDB. “Não consigo entender porque uma visita do líder do PMDB na Câmara dos Deputados ao Iris causou tamanha reação na bancada do partido. O que queriam? Que ele visitasse o governador do PSDB? Acho muito estranho o PMDB se aproximar de nosso adversário. O cenário para nós é muito promissor para 2014, mas vamos perder esta chance se deixarmos de fazer oposição ao governo para fazer entre nós”, diz.