“Caladão da TIM” demora 40 horas para sair no POP. Mas, jornal impresso é isso mesmo

Só nesta quinta-feira o jornal O Popular escancarou na sua capa o “caladão” da TIM, que na terça-feira deixou os usuários da operadora na Capital sem qualquer tipo de sinal. Foi um transtorno enorme que atingiu milhares de pessoas.

Atrasada, a matéria do POP tenta dar um enfoque mais específico no acontecido, relatando histórias de cidadãos que tiveram prejuízos e mostrando que a TIM ainda não deu explicação.

Mas, o fato em si é vencido. Por exemplo: a cobertura online da situação foi esgotada já. Os principais sites de Goiânia ficaram a terça-feira toda só falando disso e a maior repercussão foi nas redes sociais, principalmente no Facebook.

Quem estiver meio por fora do assunto e pegar o jornal para ler hoje vai estranhar, pois o celular estará funcionando normalmente.

É dura a vida dos jornais impressos, noticiando hoje o que aconteceu ontem. Ou anteontem.