Coordenador da campanha de Caiado acusa presidente do DEM de Anápolis de caixa 2 na eleição

Fábio Escobar, um dos coordenadores da campanha de Ronaldo Caiado (DEM) ao governo em 2018, acusa o presidente do DEM em Anápolis, Carlos César Toledo, de fazer caixa 2 na eleição. A denúncia foi feita pelo Facebook.

“Carlos Toledo (…) terá que prestar contas com a Justiça. Se não bastasse crime de caixa 2 após a campanha, já se aliou a organização criminosa do governo passado”, escreveu Fábio.

Toledo foi nomeado diretor administrativo da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego).

Escobar partiu para o ataque porque foi preterido por Caiado na hora de nomear aliados para o governo.

Ele já requisitou formalmente ao diretório do DEM em Anápolis a cópia integral da prestação de contas da coligação de Caiado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fábio é filho do ex-presidente da Câmara de Vereadores de Anápolis José Escobar (1993-1994).