Teve algum problema ou prejuízo com o “caladão da TIM e Claro”? Procure o Procon

O Procon Goiás informa que aqueles usuários vítimas de algum prejuízo ou transtorno mais sério devido ao apagão do sinal das operadores TIM e Claro procurem o órgão.

“Os clientes prejudicados podem entrar em contato pelo telefone 151 para receberem orientações”, disse Darlene Araújo, superintendente do órgão, em entrevista ao jornal online A Redação.

Darlene destaca que ainda na terça-feira (22) as empresas TIM e Claro foram autuadas por desrespeito ao consumidor e, principalmente, pela má prestação dos serviços.

Ambas terão um prazo de até 10 dias para apresentarem defesa, segundo o Procon, sendo que a multa pode chegar a R$ 6,42 milhões.