Artigo de Daniel Vilela acusa funcionalismo estadual de ser “o de menor eficiência” do Brasil

Muito jovem e sem experiência, o deputado estadual Daniel Vilela (PMDB) comete um erro grave no artigo que “escreve” nesta sexta-feira em O Popular.

A certa altura, ele faz uma crítica absolutamente injusta ao funcionalismo público estadual.

Afirma Daniel que os funcionários públicos de Goiás são “os de menor eficiência” em comparação com o resto do Brasil.

Não fica claro se são os comissionados, se são os efetivos ou se são todos.

Daniel reconhece que o Estado tem avançado (boa, deputado), mas à custa do setor privado. Isso porque “a máquina pública, em que pese a propaganda da modernidade, continua atrasada, lenta e incompetente”.

Quer dizer, segundo o deputado: apesar do funcionalismo público ineficiente, Goiás cresce.

Meio que percebendo inconscientemente a mancada, no seu próprio texto Daniel Vilela tenta consertar e emenda que o Estado “tem uma gama enorme de funcionários de carreira competentes”.

 

LEIA MAIS:

Artigo de Daniel Vilela tem 38 linhas, 452 palavras e nem uma única proposta para Goiás

Daniel admite que mudança provocada pela vitória de Marconi em 98 foi positiva