Wilder sonhava ser ministro e acordou secretário de uma pasta que não tem 1 funcionário sequer

Muita coisa mudou na vida do ex-senador Wilder Morais (DEM) desde a segunda quinzena de dezembro até hoje. Naquela época ele acalentava o sonho de ser ministro no governo de Jair Bolsonaro, o que obviamente não se concretizou, e acabou como secretário de Indústria de Comércio da gestão Caiado. A posse só aconteceu no dia 7 fevereiro, o que mostra que a pasta é acessória no Estado. E, como informou o Goiás 24 Horas há pouco, nenhum servidor da estrutura básica ou complementar foi nomeado pelo governador até hoje. Wilder é um secretário sem pasta.

O poço não tem fundo para este homem.