Muito bem: Polícia Rodoviária vai processar baderneiros da UEG por depredação e crime ambiental

Numa decisão correta, que merece aplausos, a Polícia Rodoviária Federal anunciou neste sábado que vai mover processo contra os baderneiros da Universidade Estadual de Goiás – pouquíssimos, felizmente – que interditaram uma rodovia federal  e puseram fogo em pneus, danificando o asfaltando e poluindo o meio ambiente.

É incrível: em pleno século 21, alguns alunos e professores de uma instituição de ensino superior violam a lei, prejudicam milhares de pessoas que transitam nas rodovias, afetam até a economia e o meio-ambiente, para, segundo eles, “reivindicar” melhorias para a UEG”.

A universidade – qualquer universidade – é o campo por excelência para o debate de ideias, argumentos, propostas e avanços para a sociedade. Meia dúzia de baderneiros da UEG jogam esse compromisso – que tem séculos de história – em troca de ações obscurantistas e agressivas.