Leitora do Pop diz, de forma agressiva, que governador processa quem critica sua gestão. Não é verdade

Uma leitora que pode nem existir tem sua carta publicada na edição deste sábado, em linguagem de extrema virulência verbal, acusando – acusando, não, afirmando- que o governador Marconi Perillo processa quem faz críticas à sua gestão.

Não é verdade.

Não é verdade e o blog Goiás24Horas entende que a definição desse conceito – liberdade para quem quer criticar e responsabilidade para quem deseja caluniar – é uma das questões mais importantes da modernidade em Goiás.

O Popular abre sua seção de cartas, na página mais nobre do jornal, a página de opinião, para quem quiser fazer qualquer tipo de afirmação, verdadeira ou falsa, caluniosa ou difamatória, sobre políticos. O prefeito Paulo Garcia e o governador Marconi Perillo são vítimas permanentes dessa política editorial que não é seguida pelos grandes veículos nacionais – como a Folha, o Estadão ou O Globo -, onde cartas com calúnias e agressões pesadas, sem comprovação, não são publicadas.

Outro dia um leitor – que também pode nem existir – escreveu que o governador Marconi Perillo é “corrupto”. O Popular publicou.