Barrigada geral: ministra Laurinda Vaz não tirou propaganda de Aécio do ar

Blogs e os principais sites de notícias do País cometeram o que se chama no jargão jornalístico dar uma barrigada: noticiaram que a propaganda do tucano Aécio Neves, no horário eleitoral, havia sido suspensa.

Nada disso.

Agora há pouco, diante da repercussão da informação incorreta, a ministra soltou um esclarecimento, dizendo que apenas uma das quatro peças que estão sendo veiculadas foi retirada do ar.

As outras, ao contrário do que pede a representação do PT, podem continuar, sem, problemas.