Médicos que trabalham em Cais não têm direito a férias e nem a 13º salário

A greve que o Simego, comandado por Leonardo Reis, tenta forçar entre os médicos do Estado trouxe à tona a verdadeira realidade dos profissionais que prestam serviços à prefeitura de Goiânia.

Alguns profissionais procuraram o blog e disseram que médico que trabalha em Cais ou credenciamento não tem direito a férias e nem a 13º salário.

Isso explica o grande êxodo de médicos lotados na prefeitura de Goiânia. A maioria prefere trabalhar até mesmo no interior do Estado.

A pergunta que fica é: por que o sindicato não se mostra tão atuante neste caso da prefeitura??

Uma das respostas pode ser porque Leonardo Reis foi quem indicou Fernando Machado para a secretaria Municipal de Saúde.