Em conflito com Clécio, Paulo Magalhães denuncia pressão e ameaça renunciar ao mandato

A panela de pressão da Câmara de Goiânia está prestes a explodir.

O vereador Clécio Alves (PMDB), presidente da Casa, não tem habilidade para conduzir o parlamento municipal, como era de se esperar, e entrou em conflito com vários vereadores, entre eles Paulo Magalhães (PV).

A bandeira de Paulo é o projeto que institui o ponto digital para os vereadores.

Clécio é contra e age nos bastidores com truculência para derrubar a proposta.

Paulo reagiu e denunciou as manobras.

Na sessão desta terça-feira, ele faria um duro pronunciamento com ameaça até de renunciar ao mandato, caso Clécio continuasse agindo nos bastidores contra ele.

O vereador do PV foi demovido do discursos por colegas, como Geovani Antônio e Elias Vaz, mas promete não ficar calado.

O bicho vai pegar.