Justiça Eleitoral vai apurar denúncia de caixa 2 na campanha de Caiado em Anápolis

O  PSDB protocolou na Procuradoria da República, em Goiânia, um pedido para que seja apurada a denúncia de caixa 2 que teria sido praticado pelo diretório do DEM em Anápolis, durante a campanha eleitoral de 2018.

 

O documento assinado pelo presidente da Comissão Executiva  Estadual do PSDB-GO, Giuseppe Vecci, pede que sejam ouvidos o governador Ronaldo Caiado, o coordenador de campanha do DEM, Fábio Alves Escobar e o presidente do diretório do DEM de Anápolis, Carlos Cesar Toledo.
O PSDB pede ainda a apuração de possíveis irregularidades na contabilidade do diretório do DEM em Anápolis e do diretório regional do partido em Goiás.
Entenda o caso
Um dos coordenadores da campanha de Ronaldo Caiado ao governo de Goiás, Fábio Escobar, usou o Facebook em meados de fevereiro para levantar suspeita de que o presidente do DEM de Anápolis, Carlos Toledo, teria feito caixa 2.