Vídeo: veja o programa de TV de Aécio Neves, já com pinta de candidato a presidente

O programa do PSDB, exibido na noite desta quita-feira, priorizou as políticas de sucesso implantadas por Aécio Neves quando governou Minas Gerais. A peça publicitária durou 10 minutos e o senador mineiro foi o astro principal – seguindo à risca o tema de sua pré-campanha, “Conversa com Brasileiros”.

Aécio anunciou que o partido quer “construir um tempo novo no Brasil”. A expressão Tempo Novo foi o lema de campanha de Marconi Perillo em 1998, na virada história contra Iris Rezende.

O vídeo começou com Aécio dentro de um veículo percorrendo estradas mineiras até chegar a cidades e comunidades beneficiadas por ações políticas criadas enquanto ele era governador. O tempo todo Aécio está perto do povo e conversa cara a cara com pessoas e chegou até a comer um pastel na rua.

O primeiro cutucão no governo federal veio com os gastos: “O certo é gastar menos com a estrutura de governo para cuidar mais das pessoas”.

Na sequência Aécio foi mostrado numa roda de conversa e o tema foi a alta da inflação- o calcanhar de Aquiles do governo Dilma. “O quilo do tomate chegou a 10 reais”, destacou uma mulher. Aécio pegou carona na deixa e mandou: “O Plano Real controlou a inflação”.

O PSDB quis mostrar que as bases para os programas sociais, grandes trunfos do governo Lula, foram fundadas pelo partido tucano. “Você não teria transferência de renda se não tivesse estabilidade (econômica)”, disse Aécio.

Infraestrutura
A infraestrutura, outro gargalo do governo Dilma, foi abordado. Aécio disse que o Brasil precisa de rodovias, ferrovias e ferrovias. E completou: “O setor privado é parceiro” – o PSDB sempre foi acusado de ser um feroz privatizador e agora até Dilma privatiza.

Final com FHC
Os momentos finais foram marcados por depoimentos de Fernando Henrique, Geraldo Alckmin e José Serra. As falas foram extraídas da convenção do partido em Brasília que elegeu Aécio presidente da legenda.

 

Veja o vídeo: