Caiado revela que “sonha” em ser governador. E daí? Isso é entre ele e o travesseiro dele

Em entrevista postada no site do jornal Folha do Sudoeste, de Jataí, o deputado federal Ronaldo Caiado (DEM) faz uma “revelação” para lá de prosaica: ele diz que “sonho em governar meu Estado”.

Essa declaração – que já foi feita pela maioria dos políticos goianos (só de 30 dias para cá: Vanderlan Cardoso, Júnior Friboi e Daniel Vilela, por exemplo) – é na verdade de um provincianismo cavalar.

Afinal, o que é que nós, eleitores, temos com o “sonho” de alguém em ocupar uma posição de poder tão forte como a de um governador do Estado?

Interessa, sim, é conhecer projetos, ideias, propostas e a visão de Goiás de Ronaldo Caiado e dos demais políticos que “sonham” em ser governador. É a partir de uma plataforma – e não de um “sonho” – que um político deve se propor a assumir uma posição tão importante.

Sonhos, ainda mais com interesse próprio, não dizem respeito ao eleitorado. É assunto exclusivo para cada um e seu travesseiro.

A entrevista de Caiado à Folha do Sudoeste tem 430 palavras e nenhuma ideia.

Ele se limita a dizer que “estou trabalhando em um projeto novo para Goiás”, mas sem especificar seu conteúdo.

Confira no link:

http://folhadosudoeste.jor.br/sonho-em-governar-o-meu-estado/