Marconi mostra força e CBF mantém preparação da seleção em Goiânia

A seleção brasileira terá duas passagens por Goiânia. A primeira começa na próxima segunda-feira e vai até sexta. O time treinará três dias na cidade, nas dependências do Goiás.

Após o jogo contra a França, no dia 9 de junho, em Porto Alegre, a delegação do Brasil voltará a Goiânia. A equipe deverá ficar mais dois dias na cidade – um dia de treino -, até viajar para Brasília, onde estreará na Copa das Confederações. A ida para a capital federal será de ônibus.

A comissão técnica, por meio de Carlos Alberto Parreira, tentou diminuir o período em que a seleção ficaria em Goiânia, mas o presidente da CBF bateu o pé e afirmou que já havia firmado compromisso com o governador Marconi Perillo.