PM agradece cobertura equilibrada dos veículos do Grupo Jaime Câmara sobre protestos

Carta do comandante-geral da Polícia Militar, publicada neste domingo em O Popular, elogia a cobertura jornalística dos veículos do Grupo Jaime Câmara no episódio dos protestos estudantis, contra o aumento abusivo da passagem de ônibus, que degeneraram em vandalismo.

É fato. Em especial no noticiário da TV Anhanguera, não foram cometidas injustiças com o trabalho policial de garantir a ordem e o patrimônio públicos. Em uma das matérias, por exemplo, a (bela) apresentadora Rosane Mendes chegou a contestar a ocorrência de truculência policial, lembrando que nenhum estudante ficou ferido e que só foram usadas armas de efeito moral. Mais ainda: Rosane registrou que dois policiais saíram feridos dos protestos.

Já o jornal O Popular deu boa ênfase para a condenação do vandalismo praticado pelos estudantes, mas não deixou de publicar pelo menos uma matéria vitimizando os estudantes. A jornalista Karla Jaime também escreveu um artigo, onde disse que a repressão aos protestos seria “tiro no pé” da parte dos governantes.

Veja a carta-agradecimento do comandante da PM:

 

Agradecimento

O Comando-Geral da Polícia Militar de Goiás vem a público elogiar o Grupo Jaime Câmara pela condução independente, responsável e imparcial da cobertura jornalística das manifestações do último dia 28 de maio, em Goiânia. Durante a transmissão do episódio em seus veículos de comunicação, o GJC demonstrou, mais uma vez, sua preocupação em manter inabalável a confiança e o respeito de seus leitores e telespectadores.

O Comando desta sesquicentenária instituição manifesta ainda sua admiração pela postura isenta adotada pelo grupo, através da realização de debates e discussões dos fatos, ressaltando a importância da intervenção da Polícia Militar na manutenção da ordem pública, atuando com transparência e respeito aos princípios da legalidade.

Coronel Silvio Benedito Alves
Comandante-geral da Polícia Militar de Goiás

 

LEIA MAIS:

Na defesa do aumento da passagem e da CMTC, Altair ataca material veiculado pelo Jornal Nacional e diz que foi um “absurdo”

Site G1 aponta: tarifa de Goiânia é a mais alta do País e só perde para S. Paulo. Reage, Paulo Garcia!!!

Jorge Braga resume na charge de O Popular o silêncio e a omissão do prefeito Paulo Garcia

Marcelo Rosa, em tom de indignação, na TV Anhanguera: “Que absurdo. Não é assim que se faz protestos!”

Quebradeira e baderna, não, dizem usuários do transporte em Goiânia na TV Anhanguera

Essa confusão é sua responsabilidade, Paulo Garcia: estudantes entram em confronto com a polícia e incendeiam ônibus