Base partidária de Vanderlan, na verdade, se resume a ele mesmo (PSB e PSC) e Braga (PRP)

O empresário socialista Vanderlan Cardoso realizou duas viagens ao Sudoeste goiano – Rio Verde e Jataí – anunciando que estava indo a reuniões com o “PSB e partidos aliados”.

A cobertura dos “eventos” de Vanderlan, em um ou outro site, mostrou duas coisas: primeiro, não apareceu quase ninguém para ouvir o empresário; segundo, a base político-partidária de Vanderlan se resume a ele mesmo e o ex-secretário da Fazenda, Jorcelino Braga.

Vanderlan tem o controle de dois partidos – PSB e PSC – que contam com quadros fraquíssimos. O PSB até que é de tamanho razoável, mas, por exemplo, dos seus 11 prefeitos, 10 debandaram para apoiar Júnior Friboi no PMDB.

O outro “partido aliado” é o nanico PRP, legenda de aluguel, que pertence em Goiás por Jorcelino Braga, seu presidente.

Essa é a base político-partidária de Vanderlan, apresentada pomposamente como “PSB e partidos aliados”.