Alô estudantada! O socialista Vanderlan é contra distribuir notebooks para alunos das escolas estaduais

Ninguém é capaz de imaginar o que se passa na cabeça do empresário socialista Vanderlan Cardoso.

A cada entrevista, a cada discurso, Vanderlan defende ideias realmente estranhas e pouco socialistas.

Nas reuniões que fez em Rio Verde e Jataí, o empresário condenou a decisão do Governo de Goiás de distribuir notebooks, gratuitamente, a alunos e professores da rede estadual.

Olha a frase do dono da Micos, publicada em um site do O Sudoeste goiano: “Na educação, por exemplo, o incentivo que o governo dá é de disponibilizar notebook para os alunos, mas os prédios estão caindo. Precisamos arrumar as escolas, até para o aluno sentir vontade de ir pra escola. Estão investindo mais de R$ 200 milhões na compra de notebooks, mas com esse dinheiro você faz e reforma quantas escolas?”.

Sobre reformar e construir escolas, veja o que Vanderlan não sabe:

1 – O Governo de Goiás já repassou mais de R$ 81 milhões a cerca de 730 escolas estaduais. Recursos são destinados a reformas, obras de reparo e de manutenção, de acordo com a necessidade de cada unidade. Um conselho formado por alunos e professores decide como gastar o dinheiro.

2 – O Governo está aplicando R$ 35 milhões para construir 35 novas escolas, denominadas Padrão Século 21.

3 – Foi implantado um sistema de manutenção permanente, que vai consumir R$ 640 milhões, para as 1.100 escolas estaduais nos 246 municípios.