Pampinha critica apresentadores de fora na campanha publicitária do prefeito Paulo Garcia

O colunista das mulheres peladas, Luiz Augusto Pampinha, na última página do Diário da Manhã desta quarta-feira, comenta – em viés negativo – a campanha publicitária da Prefeitura de Goiânia, ancorada pelo apresentador ex-global Eliakim Araújo e com a participação das repórteres Mariana Boldrin e Ruth Cavalcante.

Pampinha diz que o prefeito Paulo Garcia importou um casal de apresentadores “e pagou caro”, quando poderia ter arrumado profissionais de Goiânia mesmo “e deixado o dinheiro aqui”.

Mais ou menos certo e mais ou menos errado.

Na campanha da Prefeitura, o único “importado” é o apresentador Eliakim Araújo – o cachê não foi divulgado. As repórteres Mariana Boldrin e Ruth Cavalcante são profissionais que atuam no Estado mesmo.

Mas Pampinha acerta quando diz que a campanha da Prefeitura se limita a mostrar obras que estão em andamento.

Em seu Twitter, o prefeito Paulo Garcia havia se vangloriado de só “anunciar depois de realizado” – e acabou passando pelo constrangimento de ser desmentido pela sua própria campanha publicitária.

 

LEIA MAIS:

Eliakim Araújo vira motivo de chacota por causa da campanha publicitária da prefeitura de Goiânia

Eliakim, de novo, desmente Paulo Garcia e faz anúncio de obra para 2014. E o pior: diz que prefeito respeita o Plano Diretor

À moda de Lênia: ex-global banca vilão na propaganda de Paulo Garcia e mostra na TV realidade que não existe em Goiânia

Pega na mentira. Em intervalo de telejornal, Paulo Garcia veicula propaganda dizendo que está tudo bem na saúde. Como assim?