Em vez denunciar a desindustrialização e a fuga de empresas de Goiás no governo Caiado, Mabel serve almoço para bajular Wilder Morais

Presidente da Fieg, Sandro Mabel continua agachado diante do governo estadual  e sem dizer ainda a quem veio.

Nesta sexta-feira (3), Mabel serviu almoço ao secretário da Indústria e Comércio, Wilder Morais, com empresários do ramo da moda.

Em vez de cobrar a manutenção dos incentivos fiscais para as empresas e defender o setor industrial, o presidente Fieg ficou o tempo bajulando Wilder.

Em relação ao governo Caiado, tudo indica que do mato de Mabel não vai sair coelho algum.