Para resolver a questão do lixo, Mauro Rubem propõe o fim do capitalismo

Em uma conferência municipal de meio-ambiente sem público e de viés maluco na cidade de Jaraguá, o deputado estadual Mauro Rubem afirmou – alto e bom som – que a solução definitiva para o problema dos resíduos sólidos (leia-se: lixo) não pode ser encontrada dentro do sistema capitalista.

E foi mais adiante, ao afirmar que é preciso extinguir o capitalismo para resolver a questão do lixo nas cidades brasileiras: “É impossível pensar em sustentabilidade com o sistema capitalista. Nós temos a obrigação de construir uma nova base econômica. E ainda precisamos mudar a forma de produção, respeitando os ciclos da natureza e buscando uma economia de não acumulação”.

Boa, Mauro. Vários países tentaram: Rússia e China, por exemplo. Desistiram e se tornaram capitalistas. Mas não tem problema: Cuba continua tentando.

Quem sabe vai dar certo?

E olha a foto, que foi postada no site de Mauro Rubem. Cadê a plateia?