Assustador: varredura no presídio Odenir Guimarães apreendeu mais de 200 celulares e até roteador WiFi

A varredura feita pelas forças de segurança no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia apreendeu mais de 200 celulares, um pé de maconha que era cultivado dentro da cela e até um roteador WiFi. A cúpula da Segurança Pública está fazendo um verdadeiro estardalhaço com a operação. Tudo bem! Mas, o que eles deveriam explicar mesmo é como entrou tanta coisa ilegal dentro do presídio. 

Ver mais

Em vez de comemorar apreensão de 200 celulares no Complexo Prisional, SSP deveria explicar como objetos e drogas entram no presídio

Ao invés de comemorar a quantidade absurda de materiais ilícitos apreendidos em operação realizada nesta terça-feira (08), na Penitenciária Odenir Guimarães, em Aparecida de Goiânia, o governo deveria, na realidade, era explicar para a população como é que permitiu a entrada de mais de 200 telefones celulares, carregadores, armas, roteador de internet e drogas, no local.

Ver mais

Caiado vai inaugurar posto do Ipasgo que estava pronto. Pediatria não terá atendimento 24 horas

O governador Caiado vai inaugurar, em Aparecida de Goiânia, um posto de atendimento do Ipasgo. Servidores denunciam que, na verdade, o posto do Ipasgo já funcionava. Caiado fez apenas uma maquiagem no local e agora vai inaugurar. O grande detalhes é que, ao contrário do que está sendo divulgado, o posto de pediatria não vai funcionar 24 horas. Porque não conseguiram médicos para trabalhar aos sábados e domingos à noite.

Ver mais

Salto alto dos secretários e paralisia política do prefeito Gustavo Mendanha animam a oposição em Aparecida

Começou a entrar areia no ventilador do prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB). O salto alto dos secretários municipais e a paralisia política de Mendanha estão abrindo espaço para a oposição, que se anima para 2020 com um ingrediente de peso: o apoio do governador Ronaldo Caiado, interessado em quebrar a hegemonia do MDB na cidade.

Ver mais

Quem matou o soldado Walisson? Pergunta continua sem reposta quase 10 dias após o crime

No dia 22 de setembro, o soldado Walisson, da Rotam, levou um tiro na cabeça enquanto trabalhava com outros três colegas numa viatura descaracterizada da Polícia Militar, em Aparecida de Goiânia. Até o momento, não se tem maiores informações sobre o crime. A família de Walisson também reclama a falta de informações sobre o assassinato do jovem policial. O crime é cercado de mistério. Foi especulado que o autor do homicídio seria outro policial, mas a Polícia Civil evitar divulgar fatos sobre a tragédia. Quem matou o soldado da Rotam?

Ver mais

EXCLUSIVO: funcionários do Credeq de Aparecida acusam Caiado de dar calote nos salários

Servidores do Centro de Recuperação de Dependentes Químicos (Credeq) de Aparecida de Goiânia acusam o governador Ronaldo Caiado (DEM) de dar calote nos salários. A situação é ainda pior para as funcionárias que recebem um salário mínimo. Houve manifestação na porta da unidade na manhã desta quinta-feira. Um dos cartazes dizia: “Salário não é favor. É direito do trabalhador”.

Ver mais

Suspeito de matar namorado da ex-mulher é morto dentro do Complexo Prisional de Aparecida

Márcio Clay da Silva, de 43 anos, foi encontrado morto dentro de uma cela na Penitenciária Odenir Guimarães (POG), em Aparecida de Goiânia, na manhã desta segunda-feira (26). Segundo a Polícia Civil, ele estava detido por matar o namorado da ex-mulher. Márcio foi encontrado enforcado com um lençol, mas as circunstâncias da morte só serão reveladas após conclusão do laudo cadavérico.

Ver mais