Deputado Talles diz que Caiado causa insegurança jurídica com mudança nos incentivos fiscais e fundo Protege

O deputado estadual Talles Barreto (PSDB) criticou o governador Ronaldo Caiado (DEM) por causar insegurança jurídica em Goiás, em pronunciamento na tarde desta quarta-feira. Talles diz que Caiado provoca turbulências na economia ao modificar os incentivos fiscais em contratos que estão em vigência e que, sem avisar o setor produtivo, caminha para tornar definitivo o aumento da contribuição dessas empresas para o Fundo Protege de 4% para 15%, que deveria vigorar por apenas um ano. 

Ver mais

Lucas Calil diz que Caiado usa PEC da Previdência como “álibi” para tirar direitos de servidores

O deputado estadual Lucas Calil disse, na tarde desta quarta-feira, que o governador Ronaldo Caiado (DEM) está usando o debate sobre reforma da previdência (que é necessário, segundo ele) para cortar direitos adquiridos do funcionalismo e que sequer foram discutidos na reformar da previdência em âmbito nacional, como quinquênio. “Arrumou um álibi para maltratar servidores”, diz Lucas.

Ver mais

Deputado Paulo Trabalho acusa promotor Marcelo Celestino de “trabalhar para criminosos” e avisa: “está na hora de mostrar quem manda”

O deputado estadual Paulo Trabalho (PSL) usou a tribuna da Assembleia Legislativa para acusar o promotor Marcelo Celestino de “trabalhar para criminosos”, em função de um pedido que ele fez à Justiça para que os detentos do recém-inaugurado presídio de Planaltina sejam devolvidos às prisões de origem em função das condições precárias do local. 

Ver mais

“Governo rancoroso” de Caiado só se preocupa com o passado, diz deputado Talles Barreto

O deputado estadual Talles Barreto (PSDB) afirmou, na tarde desta quarta-feira, que o “governo rancoroso” de Ronaldo Caiado persegue empresários que geram emprego e tem uma única obsessão: torpedear o governo anterior. Talles diz que hoje ninguém acredita mais na palavra de Caiado porque ele corta direito dos servidores (como a proposta do fim dos quinquênios) e não tem planejamento para Goiás. 

Ver mais

Eduardo Prado esquece é delegado, veste figurino de cabo de chicote de Caiado e ataca Ministério Público

Cada vez menos delegado de polícia e cada vez mais cabo de chicote do governador Ronaldo Caiado (DEM), o deputado estadual Eduardo Prado (PV) atacou o Ministério Público na tarde desta quarta-feira. Eduardo afirma que o MP deixou de lado o papel de protetor da população para “agente causador de insegurança de Goiás”. Referia-se ao trabalho do promotor Marcelo Celestino para que seja respeitado o direito da tratamento digno dos encarcerados do presídio de Planaltina. 

Ver mais

Humberto Teófilo avisa que deixará PSL para se filiar ao partido que Bolsonaro pretende criar 

O deputado estadual Humberto Teófilo anunciou, na tarde desta quarta-feira, que vai se desfiliar do PSL para ingressar no partido que o presidente Jair Bolsonaro pretende criar, o Aliança para o Brasil. Teófilo afirma que não pode continuar na legenda comandada por Delegado Waldir, que criou “desgaste irremediável” ao presidente. 

Ver mais

TEMPO REAL: deputados articulam nome de Henrique César para mandato-tampão na 3a. vice da Assembleia

A bancada governista na Assembleia Legislativa costurou um acordo para o deputado estadual Henrique César (PSC) seja ungido 3o. vice-presidente da Assembleia Legislativa para um mandato-tampão, que se encerra no fim do ano que vem. A eleição acontece na próxima terça-feira. Adriana Accorsi (PT) também pleiteia o cargo, mas com chance menor. 

Ver mais

Porta aberta para corrupção: secretário de Esportes agora tem fundo de R$ 40 mil para gastar como quiser

O secretário estadual de Esportes, Rafael Rahif, escancarou as portas para a corrupção no governo. Ele conseguiu convencer o governador Ronaldo Caiado (DEM) a criar para ele um fundo rotativo de R$ 40 mil para ele gastar como quiser – festividades, eventos, passagens aéreas, comida, etc. A tendência é que agora todos os secretários peçam um fundo igual, que é difícil de fiscalizar e fácil de corromper. O alerta está ligado. 

Ver mais

Talles Barreto anuncia audiência pública com trabalhadores para discutir incentivos fiscais

O deputado estadual Talles Barreto (PSDB) anunciou, nesta terça-feira, que vai promover uma audiência pública para discutir a política de incentivos fiscais com a parte mais interessada deste debate: os empregados que trabalham nas empresas que recebem os benefícios. Será na terça que vem, a partir das 16 horas. “Os incentivos são importantes para manter as indústrias em Goiás e para que os empregos continuem aqui”. 

Ver mais

Deputado Paulo Trabalho ataca O Popular e acusa jornal de ser defensor de Lula: “chega de manipular a opinião pública”

O deputado estadual Paulo Trabalho, um dos apoiadores-modinha do presidente Jair Bolsonaro, usou a tribuna da Assembleia Legislativa para atacar O Popular nesta terça. Trabalho afirmou que o Pop é tendencioso porque escreveu que o ex-presidente foi condenado pelo “lado podre” da Justiça. “Eles usaram aspas, mas a maioria da população entende que isso foi uma citação de Lula”. O deputado continua: “na mesma edição, a visita de Bolsonaro a Goiânia mereceu um destaque pequenininho”.  No mesmo discurso, Paulo Trabalho chamou a Globo, matriz da TV Anhanguera, de lixo. 

Ver mais

Henrique Arantes desmascara Caiado: “diz que é Educação é importante, mas tirou R$ 500 milhões da área”

O deputado estadual Henrique Arantes (MDB) desmascarou o governador Ronaldo Caiado (DEM) na tarde desta terça-feira, na Assembleia. Henrique disse que o governador alardeia a educação como a chave para mudar o mundo, mas na prática age para ferrar os alunos da rede pública. “Caiado aprovou uma PEC no mês passado que tirou R$ 500 milhões do ensino estadual. O governador e seus deputados são coveiros da Educação. O discurso dele é demagogia”, disse Henrique. 

Ver mais

CCJ da Assembleia volta atrás e aprova indicação de Bia de Lima, do Sintego, para o Conselho de Educação

A CCJ da Assembleia Legislativa voltou atrás em uma decisão tomada há alguns meses e aprovou a indicação de Bia de Lima, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sintego), para o conselho estadual de Educação. Na primeira vez em que o nome de Bia foi indicado, a bancada conservadora (Rafael Gouveia, Cairo Salim e outros obscuros) vetaram Bia sob argumento de que ela era defensora da ideologia de gênero nas escolas. Desta vez, os conservadores ficaram calados. 

Ver mais

Grande avanço: CCJ aprova projeto que obriga Caiado a pagar despesas do governo em ordem cronológica

A Assembleia Legislativa deu, nesta terça-feira, um grande passo para acabar com o favorecimento de amigos do rei no governo: a CCJ aprovou projeto do ex-deputado Simeyzon Silveira que obriga Caiado a pagar despesas do Estado em ordem cronológica. O líder do governo na Casa, Bruno Peixoto, apresentou parecer pela rejeição, que foi rejeitado. Os caiadistas Zé Carapô e Amilton Filho tentaram derrubar o projeto, mas perderam. 

Ver mais

Carapô dá explicação politiqueira para votar contra projeto que obriga Caiado a pagar despesas em ordem cronológica: “vamos pagar contas de Eliton?”

O deputado estadual Zé Carapô (DEM) escancarou a motivação politiqueira dos seus atos na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira: ele disse que é contra o projeto que obriga o governador Ronaldo Caiado (DEM) a pagar despesas em ordem cronológica e disse que a matéria é ruim porque “não temos que pagar contas do governo passado”. 

Ver mais