Até o momento, Teófilo e Amauri são mais personagens do que renovação na política

Nesses primeiros 100 dias de nova legislatura na Assembleia, duas figuras governistas se destacam: os deputados novatos Humberto Teófilo e Amauri Ribeiro. Na ânsia de estabelecer uma fidelidade canina ao governador Caiado, os dois exageraram na dose do puxasaquismo. Nenhum foi capaz até o momento de construir um discurso sólido de renovação na política e defesa dos interesses da sociedade.

Ver mais

Cláudio Meirelles rebate Deputado do Chapéu: “Quem tem cargo no governo é ele”

Continua quente a briga entre os deputados estaduais Cláudio Meirelles e Amauri Ribeiro (o do chapéu). Na quinta-feira, no plenário, Amauri chamou Cláudio de “prostituta do poder”. “Nunca me chamaram de corrupto, tentaram me agredir ou se dirigiram a mim com um linguajar tão baixo. Me chamou de prostituta do poder, mas quem tem cargo em governo é ele, em momento algum pressionei governo para barganhar qualquer coisa, só pedi respeito”, afirmou Meirelles ao Jornal Opção.

Ver mais

Deputado Amauri pode até ter razão, mas gritar com mulher, que nem ele fez com Lêda, é sempre deplorável

O polêmico deputado estadual Amauri Ribeiro aprontou mais uma. Nesta quinta-feira, ele se envolveu num discussão áspera com a deputada Lêda Borges. Amauri estava na tribuna e, gritando, ficou mandando a colega se sentar. Lêda ficou irritada e encarou o parlamentar de Piracanjuba. “Não tenho medo de você”, disse ela. Amauri pode até ter razão nessa crise, mas brigar e levantar a voz com uma mulher é sempre deselegante e deplorável.

Ver mais

Deputado Talles diz para Caiado “parar de mentir e enfrentar problemas”

Em um pronunciamento brilhante na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira, o deputado estadual Talles Barreto (PSDB) disse que para os próximos 100 dias de Caiado serem melhores que os 100 primeiros, ele precisa “parar de mentir e enfrentar os problemas”. Talles escancarou a incoerência do governador, que na época em que era deputado defendia o orçamento impositivo e agora é contra. O orçamento impositivo obriga o Executivo a destinar 1,2% para emendas parlamentares, acabando com a submissão de deputados ao governo.

Ver mais

Mais um passo dado: CCJ aprova projeto que revoga incentivos fiscais da Enel

A Assembleia Legislativa acaba de dar mais um passo no sentido de revogar os incentivos fiscais concedidos contratualmente à Enel na época da privatização da Celg, em 2016. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou projeto de Paulo Cézar Martins (MDB) que revoga todos os benefícios, a despeito do risco de colapso no atendimento e do aviso da Enel de que ações judiciais milionárias serão impetradas em caso de rescisão.

Ver mais

CPI da Enel se reúne, mas não define data para depoimento de ex-governadores

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Assembleia Legislativa que investiga o contrato da Enel com o Estado de Goiás reuniu-se nesta quinta-feira, mas não definiu datas para os depoimentos dos ex-governadores Marconi Perillo (PSDB) e José Elton (PSDB). Não se sabe nem se serão chamados. A princípio, haverá uma reunião da CPI na Câmara de Anápolis na próxima quarta-feira e outra na Agência Goiana de Regulação (AGR). 

Ver mais

Deputado diz que Caiado “ainda não teve condição de trabalhar” e pede paciência aos goianos

O líder informal da bancada governista na Assembleia Legislativa, deputado Álvaro Guimarães (DEM), pediu aos goianos que tenham paciência com o governador Ronaldo Caiado – apontado nesta quarta-feira pelo jornal O Globo como o pior do Brasil após 100 anos de mandato. “Ele ainda não teve condições de trabalhar e não tem sequer condições de cobrar resultados dos seus auxiliares”, diz Álvaro.

Ver mais

“Quem critica Caiado é de oposição”, diz deputado Dr. Antônio

Em entrevista à TV Assembleia neste momento, o deputado estadual Dr. Antônio (DEM) falou besteira no esforço para relativizar o mau começo de Caiado como governador do Estado. Dr. Antônio afirmou que “quem critica Caiado é de oposição”, ignorando desta forma a insatisfação de quase 60% da população que consideram a gestão regular, ruim ou péssima – entre eles, milhares de professores, policiais e outros servidores públicos. 

Ver mais

Dois meses de Teófilo na Assembleia: 2 homenagens, ataques a Marconi e nada de produtivo

O bolsonarismo alçou ao poder candidatos que apostaram no discurso combativo contra a corrupção – em que pese o deserto de ideias para resolver problemas na Saúde e Educação, Segurança Pública. Em Goiás, um dos beneficiados desta onda conservadora foi Humberto Teófilo (PSL), que em dois meses como deputado estadual apresenta a mesma produtividade da maioria dos outros políticos que apostaram neste diapasão: muito trololó, zero autocrítica, homenagens a rodo e nada que contribua para melhorar, de fato, a vida no País. 

Ver mais

Delegado Humberto Teófilo é um fanfarrão: ele alega perseguição tucana, mas como se foi “transferido” do interior para Goiânia?

Tem alguma coisa mal contada nesta história. O deputado-delegado fanfarrão Humberto Teófilo (PSL), filho do manjado ex-vereador Amarildo Pereira, disse na tribuna da Assembleia que foi perseguido pelo governo tucano Goiás. Curiosamente, conforme o próprio deputado historiou, a cada “transferência” que teria sido vítima ele só foi chegando próximo Goiânia, até que sentou praça na capital.

Ver mais

Goianésia em chamas: Caiado nomeia esposa de vereador de oposição a Renato de Castro

Aliado do governador Ronaldo Caiado (DEM) desde o início da campanha eleitoral de 2018, o prefeito de Goianésia, Renato de Castro (MDB), recebeu com estupefação a notícia de que o Diário Oficial do Estado publicou decreto com a nomeação de Glaucineia de Lourdes Barros Gomes para o cargo de coordenador de atendimento de Vapt-Vupt. Glaucineia é esposa do vereador de Goianésia Maurício André Gomes (PSDB), marconista de carteirinha.Enquanto isso, Renatão sua a camisa para indicar uns poucos gatos pingados para os cargos do Estado.

Ver mais

Presidente da CCJ pergunta a Álvaro se ele é líder do governo ou Bruno Peixoto

Em mais um sinal de que a substituição do líder do governo Caiado na Assembleia, Bruno Peixoto, é iminente, o presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Humberto Aidar (MDB), perguntou em alto e bom som a Álvaro Guimarães (DEM) se ele havia assumido de vez a função, posto que estava articulando em favor da aprovação de uma matéria de interesse do Executivo naquele momento. Álvaro respondeu: “tem hora que sou eu, tem hora que é ele”.

Ver mais

Com dois votos contrários, CCJ da Assembleia aprova homenagem a Bolsonaro

A bancada aliada ao governador Ronaldo Caiado (DEM) reverteu a derrota que era dada como certa e conseguiu aprovar, no âmbito da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia, projeto que concede título de cidadão goiano ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). A proposta recebeu dois votos contrários: os de Leda Borges (PSDB) e do relator, Vinícius Cirqueira (Pros). 

Ver mais

Quem diria: PSDB salva Teófilo de vexame histórico na CCJ da Assembleia

A despeito de ter passado os últimos três meses a enxovalhar o PSDB na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Humberto Teófilo (PSL) foi salvo por tucanos de um vexame histórico na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Ele é o autor de uma proposta de concessão de título de cidadão goiano ao presidente Bolsonaro que, há até poucas horas, era dado como arquivado. Seria um vexame histórico, já que só em 1 ocasião um título de cidadania foi rejeitado. Quem salvou Teófilo da vergonha foram Talles Barreto (PSDB) e Rodrigo Sorgatto (PSDB), que desistiram de votar contra.

Ver mais