Talles sugere que Caiado use melhor o Credeq para atender dependentes químicos

O deputado estadual Talles Barreto (PSDB), maestro da oposição na Assembleia Legislativa sugeriu nesta quarta-feira ao governador Ronaldo Caiado (DEM) que utilize melhor a estrutura dos cinco Credeqs já inaugurados para atender dependentes químicos. “É muito pouco atendimento para um estrutura tão grande. O apoio do Credeq é muito grande e cabe ao governo aprimorar. É quase um hospital e atende poucos pacientes”. 

Ver mais

EXCLUSIVO: secretário mauricinho de Saúde presta contas na Assembleia dia 11

Ismael Alexandrino, o mauricinho que coordena a secretaria estadual de Saúde, prestará contas do seu primeiro quadrimestre de trabalho na Comissão de Tributação, Finanças e Orçamento da Assembleia Legislativa no dia 11 de setembro. Será uma ótima oportunidade para falar da morte de pacientes e do fechamento do Hospital Materno Infantil e do atraso nos salários dos funcionários do Hospital de Doenças Tropicais (HDT). No dia 28 de agosto, será a vez de Cristiane Schmidt, secretária de Economia. 

Ver mais

Mandato de Amauri serve a uma causa pessoal: convencer governo a comprar seu leite

O deputado estadual Amauri Ribeiro (Patriota) colocou o seu mandato a serviço de uma causa particular: aumentar os lucros da sua fazenda. Amauri apresentou projeto de lei que define o leite como item obrigatório da merenda escolar nas escolas estaduais. O projeto diz até quantos dias por semana o alimento tem de ser servido (três dias por semana em escolas de tempo integral e dois dias em escolas tradicionais). Determina também que o leite seja comprado de produtores goianos. O melhor de tudo é que o próprio Amauri produz leite na sua luxuosa fazenda. 

Ver mais

Projeto de Amauri que cria reserva de mercado para produtores de leite goianos dá margem para cartel

Está em tramitação na Assembleia Legislativa projeto do deputado Amauri Ribeiro (Patriota) em que ele legisla em causa própria, inclui o leite (alimento que ele produz em sua fazenda) como item obrigatório na merenda das escolas estaduais e força o governo a comprá-lo de produtores goianos. É uma ideia péssima: criar reserva de mercado para os fazendeiros locais é o primeiro passo para formação de cartel. Já sabemos como o cartel é nocivo para população. Basta ver o que acontece com o preço cobrado nos postos de gasolina. 

Ver mais

Leite na merenda: Amauri, que produz o alimento, exige que item seja adquirido em Goiás

O projeto do deputado estadual Amauri Ribeiro (Patriota) que inclui o leite como item obrigatório da merenda escolar – aumentando a margem de lucro dele próprio, que é produtor do alimento – determina que o item seja servido três vezes por semana em escolas de tempo integral e duas vezes em escola parcial, mas não para por aí: para garantir que a grana do Estado pingue no seu bolso, Amauri botou no projeto que o leite tem que ser comprado de produtores de Goiás, ainda que o leite vendido fora daqui seja mais barato. 

Ver mais

Jornal diz que Teófilo desrespeita ordem de Delegado Waldir para que todo PSL se afaste de Caiado

Nota publicada no jornal Opção desta semana informa que o deputado federal Delegado Waldir (PSL) e o deputado estadual Humberto Teófilo (PSL) estão em rota de colisão, porque Teófilo desacata a ordem de Waldir para que todo o PSL se afaste de Caiado. Waldir é presidente do partido. O problema é que Teófilo lucra muito com o governo. O seu irmão, Amarildo Filho, ganhou por exemplo um carguinho no Estado. 

Ver mais

Independência zero: jornal diz que Teófilo é do PG, ou seja, Partido do Governo

Esqueça o discurso de independência que incensou a sua candidatura a deputado estadual: Humberto Teófilo transformou-se num despachante do governador Ronaldo Caiado (DEM) na Assembleia Legislativa. Em outras palavras, é o que diz a edição desta semana do jornal Opção. O texto afirma que a Teófilo só interessa estar filiado ao PG, ou seja: ao Partido do Governo.

Ver mais

Talles quer saber por que Humberto Teófilo não dá flagrante nos diretores corruptos da Codego

O deputado estadual Talles Barreto (PSDB) destruiu o discurso de Humberto Teófilo (PSL) e Amauri Ribeiro (PSL) de que no governo Ronaldo Caiado (DEM) não existe corrupção: “então por que é que toda a diretoria da Codego foi demitida? Porque o servidor da área de licitação da Secretaria de Educação foi preso? Por que o senhor, Humberto Teófilo, não dá flagrante neles?”, afirmou Talles.

Ver mais

Talles diz que levou denúncia de corrupção no governo para Teófilo e ele não fez nada

O deputado Talles Barreto (PSDB) acaba de fazer uma revelação seríssima: ele disse que levou ao também deputado Humberto Teófilo (PSL), dono do slogan “flagrante neles”, denúncias graves de corrupção na Secretaria de Esportes e que Teófilo, metido a ser o vestal da moralidade, não fez nada. “Vai lá dar flagrante neles, deputado”. Teófilo assistiu a tudo calado e não reagiu. 

Ver mais

Bruno Peixoto nega que Caiado tenha decidido não pagar emendas de deputados de oposição

O líder do governo Caiado na Assembleia, Bruno Peixoto (MDB), disse que não é verdadeira a informação divulgada na imprensa de que o governador Ronaldo Caiado (DEM) teria decidido não pagar as emendas de deputados de oposição. “O governador não fará distinção entre aliados e adversários, mas é claro que tudo dependerá das condições financeiras do Estado”. 

Ver mais

Deputado que fala “menas” na tribuna poderia estudar no EJA se Caiado não tivesse acabado com curso

Depois que o deputado estadual Amauri Ribeiro disse a palavra  “menas” duas vezes em seu discurso na tribuna da Assembleia nesta quarta-feira, o pensamento que veio à cabeça é: se o governador Caiado não tivesse acabado com o curso de educação básica para adultos (EJA), esta seria uma boa opção para o parlamentar do chapéu. Pena que Caiado não teve sensibilidade para preservar o EJA.  

Ver mais

Deputado Amauri diz “menas” 2 vezes na tribuna da Assembleia. Colegas fingem que não ouvem

O estridente deputado estadual Amauri Ribeiro (PRP) mutilou a língua portuguesa do alto da tribuna da Assembleia Legislativa na tarde desta quarta-feira. Ele inventou e usou a palavra “menas” duas vezes no mesmo discurso. Em uma delas, afirmava que produtores de leite brasileiro não conseguem competir com países com “menas” tributação. Os colegas, polidos, fingiram que não ouviram. 

Ver mais

Deputado diz que Talles Barreto é quem mais trabalha na Comissão de Finanças da Assembleia

O presidente da comissão de Finanças da Assembleia, Karlos Cabral (PDT), fez elogios públicos a um dos membros da comissão, Talles Barreto (PSDB), na sessão desta quarta-feira, ao notar que quase todos os projetos votados haviam sido relatados pelo parlamentar do PSDB. Karlos disse: “eu distribuo as matérias para quem está presente. Se Talles está relatando mais, é porque é o que mais aparece para trabalhar”.

Ver mais

Em estreia como vice-líder do governo, Zé Carapô falta à comissão de Finanças da Assembleia

Na sua estreia como vice-líder do governo Caiado na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Zé Carapô (DEM) não apareceu para trabalhar na Comissão de Finanças, no começo da tarde desta quarta-feira. Como o líder Bruno Peixoto (MDB) já havia avisado que, por problemas pessoais, faltará a mais sessões neste segundo semestre, isto quer dizer que o governo esteve desprotegido nas votações que aconteceram hoje. 

Ver mais

Paulo Trabalho e Lucas Calil não aparecem para trabalhar na Comissão de Finanças da Assembleia

Ainda em marcha lenta depois de 15 preguiçosos dias de recesso parlamentar, a maioria dos deputados estaduais da Comissão de Tributação e Finanças da Assembleia Legislativa não apareceram para trabalhar nesta quarta-feira. No vídeo, apareciam somente Karlos Cabral (PDT), o presidente, Hélio de Sousa (PSDB), Wilde Cambão (PSD), Chico KGL (DEM) e o suplente Álvaro Guimarães (DEM). Outros membros e suplentes como Paulo Trabalho (PSL) e Lucas Calil (PSD) nem deram as caras. Cabral afirma que vai pedir a expulsão de quem faltou a pelo menos três sessões seguidas.

Ver mais