Lacrou: Lissauer eleito presidente da Assembleia com proposta de Legislativo forte e autônomo

Contra todos os prognósticos da imprensa goiana, que apostavam numa vitória com 28 a 30 votos, o deputado Lissauer Vieira (PSB) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa com 37 votos. Os únicos que não votaram nele foram os quatro da tropa de choque do governador Ronaldo Caiado: Humberto Teófilo (PSL), Amauri Ribeiro (PRP), Paulo Trabalho (PSL) e Chico KGL (DEM). Lissauer foi eleito com a proposta de construir um poder Legislativo autônomo, independente e livre do cabresto de Caiado. 

Ver mais

(Tempo real) Paulo Trabalho toma 2ª vaia do dia ao defender Caiado na Assembleia

Saiu a segunda vaia da 19ª legislatura da Assembleia: foi para Paulo Trabalho (PSL), que defendeu o governador Ronaldo Caiado (DEM) na eleição para Mesa Diretora da Casa. Paulo ficou irritado e atacou parlamentares governistas que votaram no candidato de oposição, Lissauer Vieira (PSB). A primeira vaia havia sido para Humberto Teófilo (PSL) por motivo parecido. 

Ver mais

(Tempo real) Major: “não voto em chapa que tenha sido montada fora da Assembleia”

O deputado estadual Major Araújo (PRP), até ontem um caiadista apaixonado, acaba de votar na candidatura de oposição de Lissauer Vieira (PSB) para a presidência da Assembleia Legislativa. Ao explicar o seu voto, disse: “não voto em chapa que tenha sido montada fora da Assembleia”. Referia-se ao grupo de Humberto Teófilo, Paulo Trabalho, Chico KGL e Amauri Ribeiro, pusa-sacos de Caiado. 

Ver mais

(Tempo real) Dr. Antônio se vinga de Caiado e Anna Vitória com voto e abraço em Lissauer

Pisoteado pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) desde a eleição de outubro, apesar de ter sido um aliado de primeira hora do demista, o deputado estadual Dr. Antônio vingou-se nesta sexta-feira com voto em Lissauer Vieira (PSB) para presidente da Assembleia. Foi vingança também contra Anna Vitória, filha do governador, que num bate-boca recente disse que Antônio e Iso Moreira (DEM) deveriam se ajoelhar para Caiado. 

Ver mais

Álvaro sugere mágoa com governo e vota em Lissauer para o comando da Assembleia

Cotado até poucos dias para ser eleito presidente da Assembleia em chapa única, o agora descartado Álvaro Guimarães (DEM) votou em Lissauer Vieira (PSB) na eleição que escolhe neste momento a Mesa Diretora. Na sua declaração de voto, Álvaro transpareceu mágoa com o governo Caiado e prometeu revelar em breve tudo o que aconteceu nos bastidores (o que, vale dizer, o Goiás 24 Horas já revelou). 

Ver mais

(Tempo real) Humberto Teófilo toma 1ª vaia da 19ª legislatura da Assembleia

Momento histórico na Assembleia Legislativa: saiu a primeira vaia da 19ª legislatura e o destinatário dela foi o deputado Humberto Teófilo (PSL), imiscuído no esforço para tumultuar a eleição para a Mesa Diretora da Casa. Teófilo é um dos quatro parlamentares da tropa de choque do governador Ronaldo Caiado (DEM) que se dispuseram a este trabalho sujo. Além dele, Chico KGL (DEM), Amauri Ribeiro (PRP) e Paulo Trabalho (PSL). 

Ver mais

(Tempo real) Puxa-sacos de Caiado candidatam-se numa última tentativa de impedir derrota na Assembleia

Quatro puxa-sacos do governador Ronaldo Caiado (DEM) registraram chapa numa última tentativa do Palácio das Esmeraldas de reverter a derrota na eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa que acontece nesta sexta-feira. São eles: Humberto Teófilo (PSL), Paulo Trabalho (PSL), Chico KGL (DEM) e e Amauri Ribeiro (PRP).

Ver mais

(Tempo real) Começa sessão que escolherá nova Mesa Diretora da Assembleia de Goiás

O deputado Henrique César (PSC) acaba de abrir a sessão plenária que escolherá a Mesa Diretora da Assembleia para o primeiro biênio da 19a. legislatura. Em pouquíssimos minutos, Lissauer Vieira (PSB) será eleito presidente com o seu discurso de autonomia e independência do Legislativo. Álvaro Guimarães (DEM), apoiado pelo impopular Ronaldo Caiado (DEM), ficará a ver navios. 

Ver mais

(Tempo real) Álvaro deprimido com derrota na eleição na Assembleia: “estou bem, mas poderia estar melhor”

Um Álvaro Guimarães (DEM) deprimido deu entrevista à repórter Luciana Martins, da TV Assembleia, na tarde desta sexta-feira, minutos antes da eleição que vai definir o próximo presidente da Casa. Álvaro pensava que seria eleito por unanimidade, mas sua postulação desidratou. “Eu estou bem, mas poderia estar melhor”, afirmou. 

Ver mais

Prefeito de Rio Verde está na Alego e, graças a Caiado, vai ver o rival Lissauer se tornar presidente

O prefeito de Rio Verde, Paulo da Vale, marca presença na sessão de posse da 19ª Legislatura da Assembleia Legislativa. Essa tarde quente será inesquecível para Paulo. Ele verá o seu rival da cidade, Lissauer Vieira, ser consagrado como presidente da Assembleia. Lissauer virou o favoritaço depois que Caiado e seus blue caps implodiram o projeto de Álvaro Guimarães.

Ver mais

(Tempo real) Encerramento da solenidade por Henrique César é digna de programa da Xuxa

O deputado Henrique César viveu o seu dia de Xuxa Meneghel nesta sexta-feira, na condução da sessão de posse dos parlamentares da 19a. legislatura da Assembleia Legislativa de Goiás. Antes de encerrar a sessão, Henrique deu início a uma sequência exaustiva de beijos e abraços enviados a conhecidos seus que estavam no plenário Getulino Artiaga. 

Ver mais

(Tempo real) Bruno Peixoto pede minuto de silêncio por Brumadinho. Deveria ter pedido mais um pelo salário dos servidores

Num lance de populismo de quinta categoria, o deputado estadual e líder do governo Caiado na Assembleia Legislativa, Bruno Peixoto (MDB), interrompeu a sessão de posse dos parlamentares da 19a. legislatura para um minuto de silêncio pelas vítimas do rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais, há duas semanas. Ao salário dos servidores públicos de dezembro, que também “morreu”, Bruno esqueceu-se de pedir homenagem. 

Ver mais