Coluna Giro desmoraliza Oséias Varão, líder de Iris na Câmara, dizendo que Andrey Azeredo é o “líder informal”

Publicada no jornal O Popular, a coluna Giro deste domingo diz que o vereador Andrey Azeredo (MDB) atua como “líder informal do prefeito Iris Rezende (MDB) na Câmara Municipal”. Para quem sabe ler, pingo é letra: se há um líder informal é porque o líder formal, Oséias Varão, deixa lacunas e não faz o seu trabalho como deveria. O objetivo da nota não é desmoralizá-lo, mas acabou desmoralizando. 

Ver mais

Com risco de perder mandato, vereador Sargento Novandir pede licença de 125 dias

Os vereadores Emilson Pereira e Sargento Novandir, ambos do Podemos, podem perder o mandato ainda neste ano. O TSE marcou para esta sexta-feira o julgamento da ação por descumprimento da cota feminina na chapa do partido, que se chamava PTN em 2016. Novandir, inclusive, pediu licença por 125 dias alegando motivos particulares. A suplente Irmã Cida já assumiu o mandato.  

Ver mais

Vereador Sargento Novandir pede licença por motivos particulares e Irmã Cida assume mandato

A suplente Irmã Cida (Podemos) foi empossada na Câmara Municipal durante a sessão plenária de terça-feira (22). Ela ocupa a vaga do vereador Sargento Novandir, do mesmo partido, que pediu licença pelo período de 125 dias, por motivos particulares. Irmã Cida é assistente social e preside a Comunidade Terapêutica “Acolher com Amor” que trabalha com a recuperação de mulheres com dependência química.

Ver mais

Policarpo convoca duas sessões extraordinárias para apreciar alterações em projetos de empréstimos

O presidente da Câmara de Goiânia, vereador Romário Policarpo (Patriota), convocou duas sessões plenárias extraordinárias, para este sábado (19) e a próxima segunda-feira (21), para que os vereadores apreciem alterações em duas autorizações para operações de crédito entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal. As mudanças nas leis dos empréstimos foram enviadas pelo Paço Municipal com pedido de urgência para deliberação.

Ver mais

“Saudade do Marconi”, diz vereador de Goiânia ao criticar Caiado por jogar iluminação de rodovias para prefeituras

“Que saudade do Marconi, viu. Repito: que saudade do Marconi”. Foi o que disse o vereador Zander Fábio (Patriota) na manhã desta quarta-feira, na Câmara Municipal de Goiânia, ao falar sobre a insistência do governador Ronaldo Caiado (DEM) em jogar os custos da iluminação em rodovias goianas para as prefeituras (a maioria falidas) e outros episódios polêmicos do atual governo, como a perseguição aos servidores públicos.

Ver mais

Tá de brincadeira: Andreyzinho diz que foi “produtivo” seu passeio a Foz do Iguaçu, com dinheiro público, para evento de microcrédito

O vereador Andreyzinho Azeredo (MDB) só pode estar de brincadeira. Ele ocupou a tribuna da Câmara Municipal nesta quarta-feira para dizer que foi “muito produtivo” o seu passeio em Foz do Iguaçu, com dinheiro público, para participar de um evento sobre microcrédito. Alguém duvida que o vereador foi desfrutar das cataratas do Iguaçu?

Ver mais

Presidente da Câmara critica Caiado por jogar custo de iluminação das rodovias para prefeitos e elogia Marconi por ter assumido ônus

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo (Patriota), criticou o governador Ronaldo Caiado (DEM) nesta terça-feira em função do esforço dele para repassar os custos da iluminação das rodovias estaduais para as prefeituras. Ao fazer a crítica, Policarpo lembrou que o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) fez exatamente o contrário: assumiu os gastos para não penalizar os municípios. 

Ver mais

Vereadora reclama que, para falar com Iris, tem que “pedir benção” para líder Oséias Varão

A vereadora Tatiana Lemos (PCdoB) reclamou ao prefeito Iris Rezende (MDB) que, para ter acesso a ele, teria que “pedir benção” ao líder do governo na Câmara Municipal, Oséias Varão (PSB). Varão pediu a palavra para dizer que era “futrica”. Iris está na Câmara Municipal para prestação de contas relativa ao segundo quadrimestre de 2019. 

Ver mais

Assessoras da Câmara e de Iris matam tempo no telefone enquanto prefeito presta contas a vereadores

Gabriela Machado, diretora legislativa da Câmara Municipal, e Lênia Soares, assessora de imprensa da prefeitura, matam o tempo tediosamente no celular enquanto Iris Rezende (MDB) presta contas a vereadores na manhã desta segunda-feira. Não só elas: a maioria está dormindo no plenário, porque ninguém aguenta a puxação de saco de vereadores da base de apoio.

Ver mais

Se os mortos falassem…: Vereador Divino, que foi aliado de Paulo Garcia, diz que Iris “acabou com desmandos da gestão anterior”

Em um ato de oportunismo, o vereador Divino Rodrigues (Pros) elogiou o prefeito Iris Rezende (MDB) por “acabar com os desmandos da gestão anterior”. O curioso é que Divino era aliado do ex-prefeito Paulo Garcia (PT). Uma pena que Paulo tenha morrido e não possa se defender (a não ser que psicografe uma carta com a médium Meire Alves). 

Ver mais

Presidente da Câmara diz que “com certeza” estará ao lado de Iris nas próximas eleições

O presidente da Câmara Municipal, Romário Policarpo (Patriota), disse durante a prestação de contas de Iris Rezende (MDB) na manhã desta segunda-feira, que “com certeza” estará ao lado do prefeito nas próximas eleições. Há alguns meses, Policarpo preservava uma postura mais crítica com relação à administração municipal.

Ver mais

Iris presta contas à Câmara na próxima segunda. Assunto da vez são empréstimos contraídos pela prefeitura

O prefeito de Goiânia Iris Rezende presta contas à Câmara Municipal na próxima segunda-feira (30), a partir das 8h. A audiência acontecerá no plenário da Casa. Iris será questionado sobre os empréstimos solicitados pela Prefeitura de Goiânia no segundo quadrimestre de 2019. Há também uma preocupação com as obras que Iris iniciou e que, se não seguirem um cronograma rígido, ficarão para o próximo prefeito concluir. 

Ver mais

Ao GO24H, vereador Felisberto lamenta tratamento que recebeu de Caiado: “fui pedir nada para mim, não. Ele que prometeu para o povo”

Em mensagem ao Whatsapp do Goiás 24 Horas, o vereador Felisberto Tavares (PR) lamenta o fato de ter tomado chá de cadeira de três horas na antessala do governador, ter o telefone confiscado e depois saber que a audiência foi cancelada. “Lamentável. Eu não fui pedir nada para mim, não. Desprezo pelo cargo que ocupo. Ele esteve na reunião, prometeu, e sequer me recebe para ouvir o feedback”.

Ver mais

Em mensagem ao GO24H, vereador Felisberto diz que Caiado o fez sentir-se “primo 1° de um vira-lata, e não de um cachorro como Balú”

O vereador Felisberto Tavares (PR) enviou mensagem ao Goiás 24 Horas para fazer uma pequena, mas importante correção na nota que o blog publicou sobre o seu pronunciamento desta quarta-feira, em que ele sentiu-se “primo 1° de um cachorro” ao ter o celular confiscado na antevéspera do governador e dispensado três horas depois, porque a audiência com Caiado não ia acontecer. Felisberto diz: “eu me senti primo 1° de um vira-lata, e não de um cachorro como Balú [cão da primeira-dama Gracinha]. Se eu fosse primo 1° do Balú eu teria portas abertas”.

Ver mais