Pachequismo sem fim: esposa de Tejotinha também chama Mabel de “padrinho”

Este blog já perdeu a conta de quantos vereadores chamaram o presidente da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, de “padrinho” na sessão desta terça-feira da Câmara Municipal de Goiânia. “Pelo visto, todo mundo aqui está disputando para ter o senhor como padrinho. Mas eu cheguei primeiro”, reivindicou a vereadora Priscilla Tejota (PSD), esposa do vice-governador Tejotinha. 

Ver mais

Na Câmara, Mabel se acovarda diante de corte de incentivos do governo Caiado

O presidente da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, acovardou-se diante do corte nos incentivos fiscais promovido pelo governo Caiado, que penaliza duramente a categoria que ele representa. Mabel foi à Câmara de Vereadores de Goiânia e, em vez de aproveitar os holofotes para denunciar a perseguição do Estado, deu uma aulinha sem sal sobre sistema S.

Ver mais

Vereador Andrey rasteja para Mabel na Câmara e chama-o de “padrinho”

Em vez de questionar o presidente da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, e fazer apontamentos que fossem realmente úteis para população, o vereador Andrey Azeredo (MDB) aproveitou a visita do representante dos empresários à Câmara Municipal de Goiânia para puxar saco. Andrey chegou ao ponto de chamar Mabel de “padrinho” – forma de tratamento que não condiz com a ocasião.

Ver mais

Mabel e vereadores puxam saco uns dos outros em sessão inútil da Câmara Municipal

O presidente da Federação das Indústrias de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, e vereadores da Câmara Municipal de Goiânia passaram a manhã desta terça-feira puxando saco uns dos outros numa sessão que poderia ter sido mais proveitosa. Mabel perdeu a oportunidade de falar sobre assuntos realmente importantes, como o corte de incentivos fiscais e o fechamento de vagas de emprego no Estado desde a chegada de Caiado ao poder. Dinheiro público jogado fora. 

Ver mais

Crianças vão à Câmara Municipal de Goiânia e aprendem como agentes públicos NÃO devem agir

Alunos do segundo ano do colégio Delta visitaram o plenário da Câmara Municipal de Goiânia na manhã desta quinta-feira. No momento da visita já não havia mais quórum para votar matérias importantes, pra variar. A Casa, então, voltou a ter alguma utilidade – não de caráter legislativo ou republicano, mas sim educativo e lúdico. As crianças saíram de lá depois de aprender como NÃO se deve agir como representante do povo.

Ver mais

Crianças ocupam plenário da Câmara de Goiânia. Adolescentes que mandam no pedaço ficam de pé

Como já não havia mais quórum para votar matérias na Câmara Municipal de Goiânia nesta quinta-feira (em que pesem serem ainda 10h35), vereadores abriram o plenário para entrada de alunos no segundo ano do colégio Delta, que tomaram o assento dos adolescentes (alguns inconsequentes) que mandam no pedaço. A Casa finalmente adquiriu o respeito que merece.

Ver mais

Vereador-pastelão: Carlin Café disserta sobre cortes de cabelo durante sessão na Câmara

Foi um pastelão: o vereador Carlin Café (PPS) tomou o microfone na sessão plenária desta quarta-feira para dissertar sobre o corte de cabelo do deputado estadual Vinícius Cirqueira (Pros), que foi vereador na Casa até dezembro passado. Por fim, em um esforço para parecer engraçado, Carlin pediu o telefone do cabeleireiro do deputado para passá-lo ao presidente da Câmara, Romário Policarpo, que segundo ele precisa mudar o corte. Ninguém achou graça.

Ver mais

Vereador Paulo Magalhães, que cobra presença de colegas, falta a sessão na Câmara

O vereador Paulo Magalhães (PSD), que transformou em bandeira a cobrança de presença dos seus colegas de Legislativo, faltou à sessão plenária da Câmara Municipal de Goiânia na última quarta-feira. Hoje ele tomou puxão de orelha do presidente da Casa, Romário Policarpo: “sentimos sua alta ontem, vereador. Logo o senhor, que cobra presença dos outros. Tenha mais cuidado com as coisas que o senhor fala”.

Ver mais

Desmoralizado, líder de bancada de Iris pede de novo a Mrué que atenda vereadores

O líder do governo Iris na Câmara Municipal de Goiânia, Tiãozinho Porto (Pros), aproveitou a presença da secretária de Saúde da Capital, Fátima Mrué, para de novo pedir a ela que receba vereadores no seu gabinete, em vez de pedir que marquem audiência por e-mail. “Por favor, receba-os”, implorou Tiãozinho, que por falta de moral na prefeitura está desmoralizado. 

Ver mais

Cobrada, Mrué responde o de sempre: que vai contratar mais pediatras “esta semana”

Dissimulada como sempre, a secretária municipal de Saúde não se incomodou com a saraivada de ataques que recebeu na Câmara de Vereadores de Goiânia, nesta terça-feira, por ter causado a morte de duas crianças na semana passada. Diante de apelos dramáticos por providência, feitos inclusive por mães destas crianças, a impassível Fátima Mrué respondeu o de sempre: que “pediatras serão contratados esta semana”. Toda vez a mesma ladainha.

Ver mais

Mrué pede desculpa por mortes de crianças nos Cais de Goiânia. Desculpa não resolve, secretária

Convocada à Câmara Municipal para prestar esclarecimentos na manhã desta terça-feira, a secretária de Saúde de Goiânia, Fátima Mrué, pediu desculpa às mães de Diogo e Klayton, crianças que morreram em função da incompetência dela em administrar os Cais da Capital. Pedido de desculpa não vai trazer ninguém de volta, dona Fátima.

Ver mais

Mulher se revolta com Mrué e, com o dedo em riste, culpa secretária por mortes em Cais

A presença da secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, transtornou mães de crianças que morreram nos Cais de Goiânia. Uma delas não se segurou e, com o dedo em riste, culpou Mrué e sua incompetência pelas tragédias que estão acontecendo em Goiânia. Foi preciso que o presidente da Câmara, Romário Policarpo, pedisse para que se acalmasse.

Ver mais

Mrué mantém fisionomia imutável ao ouvir relatos de morte nos Cais e apelos dramáticos por providência

Fria e dotada de grande poder de dissimulação, a secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, não move um único músculo do rosto diante dos relatos de morte nos Cais de Goiânia e dos apelos por providência na rede pública, feitos nesta terça-feira na Câmara de Vereadores por mães de crianças que morreram por incompetência dela.

Ver mais