Paulo Magalhães acaba com hipocrisia de Clécio, lembra que colega elegeu-se pelo PT e foi aliado de Paulo Garcia

Chamado de “urubu” pelo vereador Clécio Alves (MDB) por criticar o projeto, aprovado na última quarta-feira, que concedeu título de cidadão goiano para o ministro da Justiça, Sérgio Moro, o também vereador Paulo Magalhães (PSD) detonou o colega. Magalhães acabou com o discurso moralista de Clécio lembrando que ele se elegeu pelo PT em 2014 e chegou à presidência Câmara com apoio do ex-prefeito petista Paulo Garcia. 

Ver mais

Líder do governo Iris diz que presidente da Comurg é honesto antes de denúncias de corrupção serem apuradas

No dia em que a vereadora Sabrina Garcêz (PTB) levou à tribuna da Câmara Municipal graves denúncias de corrupção contra a presidência da Comurg, o líder da bancada do prefeito Iris Rezende na Câmara Municipal, vereador Oséias Varão (PSB), nem esperou que as denúncias fossem apuradas para que declarasse que o presidente do órgão, Aristóteles de Paula, é honesto. Este blog recomenda cautela ao vereador. 

Ver mais

EJA nele: vereador Zander lança um “seje” em debate na Câmara Municipal

Em debate sobre concessão de título de cidadão goianiense na Câmara Municipal nesta terça-feira, o vereador Zander Fábio (PEN) afirmou: “em casos de concessão de título, eu voto no propositor. Se eu confio no propositor e ele acha que o agraciado SEJE merecedor, então está resolvido”. Não é preciso dizer ao vereador que SEJE não existe. O blog recomenda a Zander que se matricule no curso de ensino básico para adultos (EJA). 

Ver mais

Clécio, que foi petista e braço direito de Paulo Garcia, diz que “comunismo é a desgraça do mundo”

O vereador Clécio Alves (MDB) subiu à tribuna da Câmara Municipal nesta terça-feira para defender o seu projeto que concede título de cidadão goianiense ao ministro da Justiça, Sérgio Moro. Ao elogiar Moro por prender o ex-presidente Lula, Clécio – que já foi filiado ao PT e braço direito do ex-prefeito de Goiânia Paulo Garcia – disse que “comunismo é a desgraça do mundo”. Conveniências, amigo leitor do blog. 

Ver mais

“Falhas” nas licitações da gestão Iris seguem padrão de 30 a 40%, afirma vereadora

A vereadora Sabrina Garcêz (PTB) apresentou denúncias de fraude em licitação de compra de sacos de lixo na prefeitura de Goiânia nesta terça-feira e, com base em outros certames que ela está analisando, Sabrina diz que existe um padrão de “falhas” nestas licitações. Este padrão oscila entre 30 e 40% e se traduz em dinheiro público que escoa pelo ralo. 

Ver mais

Exclusivo: fonte do governo diz ao GO24H que situação do Meia Ponte é crítica e risco de racionamento é grande

Uma fonte da administração do governador Ronaldo Caiado (DEM) revela ao Goiás 24 Horas que a vazão do Rio Meia Ponte baixou a um nível preocupante, “E ainda nem chegou o período crítico, que é setembro”, ponderou esta ponte. Ela diz que é bem provável que haja racionamento na região metropolitana de Goiânia, principalmente na Capital, em Aparecida, Trindade e Goianira. 

Ver mais

Fim da picada: com Plano Diretor para discutir, Câmara gasta manhã com homenagens

Inacreditável o que acontece na manhã desta quarta-feira na Câmara Municipal de Goiânia. Às portas da discussão sobre o plano diretor, assunto mais importante da Capital neste segundo semestre, os vereadores pararam tudo na manhã desta quarta-feira para fazer homenagens a diretores de uma escola e estudantes. O que a homenagem trará de benefício, além de votos a eles? 

Ver mais

Romário Policarpo interrompe análise de projetos na Câmara para fazer politicagem com estudantes

Neste momento, na Câmara Municipal: o presidente Romário Policarpo (sem partido) interrompeu a apreciação de projetos e assuntos de interesse da população para fazer politicagem – mais especificamente para homenagear estudantes do Sesi Canaã. Na Câmara, a tradição é que este tipo de expediente menos importante aconteça só na quinta-feira. Policarpo criticava o seu antecessor, Andrey Azeredo (MDB), quando ele usava o seu poder dar tapinha nas costas de homenageados na terça ou na quarta. Agora, faz o mesmo. 

Ver mais

Falta de médicos, raio-x e de segurança no cais Finsocial desespera população. Veja denúncia

Em mensagem ao WhatsApp do Goiás 24 Horas, um leitor afirma que o Cais do Finsocial funciona com muitas dificuldades. Ele afirma que não há medico no laboratório do Cais e que a emissão de chequinho (autorização para realização de exame) agora acontece só entre 14 e 17 horas. Outra denúncia que ele faz: “não tem raio-x e não tem guarda há mais de um ano. Estamos a mercê”. 

Ver mais

Vereador Zander diz que quem maltrata animal está propenso a cometer feminicídio

O vereador Zander Fábio (aquele mesmo que foi condenado à prisão uma infinidade de vezes, mas que escapou da jaula graças a chicanas jurídicas) fez uma associação curiosa na sessão plenária da Câmara Municipal de Goiânia nesta quarta-feira. Zander afirmou que quem maltrata animal está propenso a cometer feminicídio. “[Matar animal] é o primeiro passo. Ele mostrou violência e o próximo passo de quem agride um animal é agredir uma pessoa”, disse. 

Ver mais

Andrey ataca Bolsonaro: “o que era ‘novo’ colocou o país em uma crise sem precedentes”

Ao relativizar os benefícios de políticos que se dizem “o novo” na política (uma vez que é aliado do prefeito Iris Rezende), o vereador Andrey Azeredo (MDB), ex-presidente da Câmara Municipal, atacou o presidente Jair Bolsonaro (PSL). “No ano passado, surgiu um candidato à presidência que dizia ser o ‘novo’ apesar de estar na política há 27 anos. O que aconteceu? o que era ‘novo’ colocou o país em uma crise sem precedentes”, disse. Andrey apoia a reeleição de Iris na prefeitura de Goiânia. 

Ver mais

Ouvinte da rádio Sagres diz ao vereador Andrey que está cansado de políticos da “geração Iris”

Durante a entrevista do vereador Andrey Azeredo (MDB) à rádio Sagres na manhã desta quarta-fera, o jornalista Rubens Salomão leu uma mensagem curiosa de um ouvinte que se identificou como Anderson: ele afirmou que a população está cansado de políticos da “geração Iris”. Andrey é um babyssauro da era Iris: entrou na política em 2004 pelas mãos do velho cacique. 

Ver mais

Fim do EJA (1): acabar com aulas presenciais inviabilizará ensino, diz aluna do curso de adultos que Caiado extinguiu

Uma estudante do curso de educação básica estadual, que se identificou como Eliene, mandou mensagem ao WhatsApp do Goiás 24 Horas demonstrando angústia com a decisão do governador Ronaldo Caiado de acabar com o curso (chamado de EJA). Eliene, que estuda no colégio Elias Chaddu, afirma que o fim da modalidade inviabilizará o esforço de muitos dos seus colegas. Veja a mensagem. 

Ver mais

Vereador Andrey desdenha da oposição a Iris: “é um grupo pequeno na Câmara Municipal”

Em entrevista à Rádio Sagres na manhã desta quarta-feira, o ex-presidente da Câmara Municipal de Goiânia Andrey Azeredo (MDB) desdenhou da oposição ao prefeito Iris Rezende (MDB): “é um grupo pequeno, de três ou quatro vereadores”. A jornalista Cileide Alves rebateu: “se é tão pequeno, como barrou a votação do Código Tributário?”. Parece não ser tão pequeno assim. 

Ver mais

Vereadora Sabrina deixa aberta possibilidade de votar Plano Diretor só no ano que vem

Em entrevista à Rádio Sagres 730, a vereadora Sabrina Garcêz (sem partido) deixou aberta a possibilidade de a revisão do Plano Diretor ser votada no plenário da Câmara de Vereadores só em 2020. Sabrina afirma que o Legislativo precisa fazer o que o prefeito Iris Rezende (MDB) não fez: discutir o projeto. Vale lembrar que 2020 é ano eleitoral. 

Ver mais

Câmara mantém veto a projeto bizarro de Paulo “saci” Daher que tentava intervir na sobremesa de restaurantes

Em uma lufada de bom senso, a Câmara Municipal de Goiânia manteve nesta terça-feira veto do prefeito Iris Rezende (MDB) ao projeto bizarro do vereador Paulo Daher (PL 134/2017) que tinha como objetivo interferir no cardápio dos restaurantes de Goiânia, obrigando-os a oferecer sobremesa sem açúcar. Paulo Daher é o mesmo vereador que propôs a criação do Dia do Saci na Capital. Ele quer se viabilizar como vice de Iris na eleição para prefeito do ano que vem. 

Ver mais

Policarpo confirma convocação do presidente da CMTC: “se perdeu a cabeça em público, retrate-se em público”

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo (sem partido), resistiu ao choro dos vereadores da base do prefeito Iris Rezende (MDB) e manteve a convocação do presidente da Companhia Metropolitana do Transporte Coletivo (CMTC), Benjamin Kennedy, que desrespeitou o vereador Lucas Kitão (PSL) na frente de outras pessoas. “Se perdeu a cabeça em público, que se retrate em público”. Kennedy teria dito que não discutiria reajuste da tarifa de ônibus com Kitão porque o vereador não sabe a diferença entre CMTC e Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC). A base de Iris queria transformar a convocação em convite. 

Ver mais