Kajuru tem obrigação de atuar junto a Caiado e Bolsonaro para evitar desmonte da UFG e UEG

Senador goiano mais ativo, Jorge Kajuru tem a obrigação de trabalhar forte na tentativa de evitar o desmonte da UFG e da UEG. Kajuru considera Caiado uma espécie de irmão e amigo da vida toda. Então, tem que abrir o olho do governador para a gravidade da situação. Caiado está fechando campus, encerrando cursos e estrangulando a UEG no interior do Estado e na Capital.

Kajuru também tem linha aberta com o presidente Bolsonaro. O corte de 30% da verba da UFG atinge frontalmente a universidade, que é uma das melhores do País. Sem esse dinheiro, a UFG deve parar de funcionar em outubro. Despesas como água, energia e pagamento de prestadores de serviço estão ameaçadas.