Exclusivo: Wilder tenta emplacar coronel Ricardo Mendes no comando-geral da PM

O senador derrotado Wilder Morais joga pesado para convencer o governador eleito Ronaldo Caiado a nomear o coronel Ricardo Mendes como comandante-geral da Polícia Militar de Goiás. As chances são grandes. Mendes é bem visto pela tropa. Ele disputa o posto com o coronel Ricardo Rocha.

Vitti apresenta projeto de lei que revoga permissão ao Detran sobre emplacamento de veículos 

Ao justificar a revogação da lei em questão, José Vitti diz que “tal medida se justifica em razão do elevado custo que será causado para os cidadãos, já que terão que pagar para que as placas de seus veículos sejam substituídas. Num contexto de crise e dificuldades econômicas, não se justifica impor mais uma despesa ao proprietário de veículo, que já paga pelo IPVA, seguro obrigatório, seguro contratual dentre outros.

Incentivos fiscais (1): empresários reclamam falta de interlocutor confiável para tratar do tema com Caiado

Até o momento, o governador eleito centraliza as conversas com o pessoal da Adial, mas é insuficiente para o desenrolar do novelo que envolve a questão. É certo que exista e intenção embrionária do futuro governo de rediscutir a política de benefícios fiscais para aumentar a receita e combater a crise fiscal. Porém, ninguém ainda sabe o que pensa e quais são os planos de Caiado.

Bancada da bala: Delegado Waldir quer Pepê Medeiros no comando da OAB-GO

Um dos integrantes mais radicais da chamada bancada da bala, grupo de parlamentares que defende ardorosamente o armamento civil, a restrição dos direitos humanos e a instituição da pena de morte, o deputado federal reeleito Delegado Waldir, do PSL, anuncia apoio ao candidato a presidência da OAB-GO Pedro Paulo de Medeiros, o Pepê.

Efeito Caiado: outras grandes empresas sinalizam intenção de abandonar ou não efetivar investimentos

O clima de incerteza criado pelo anúncio do senador e governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) de mudar o projeto de lei de convalidação dos incentivos fiscais para aumentar a arrecadação abriu de vez a temporada de debandada de empresas de Goiás. Desde a semana passada, investidores com contratos praticamente fechados com o Governo de Goiás, por meio do Produzir, comunicaram que vão aguardar o desfecho da votação da convalidação na Assembleia Legislativa.

Delegado Waldir vai “alcaguetar” Baldy e João Campos a Bolsonaro, diz coluna Giro

O deputado federal reeleito Delegado Waldir (PSL) estaria preparando um dossiê no melhor estilo SNI (que fez fama na época dos milicos) para dedurar o ministro das Cidades, Alexandre Baldy (cotado para continuar na Esplanada nos Ministérios), e o deputado federal João Campos (nome forte para disputa à presidência da Câmara). De acordo com a coluna Giro, do jornal O Popular, “Waldir pretende levar a Bolsonaro informações sobre as ligações políticas de Baldy e Campos em Goiás”. Ciumeira braba.

Após sofrer críticas, Pepê confirma presença e debate da TBC vai acontecer

O debate da TBC com os candidatos à presidência da OAB Goiás vai acontecer, informa o Jornal Opção. Pedro Paulo de Medeiros, que havia afirmado que não tinha espaço na agenda para o programa, agora disse que estará presente. Lúcio Flávio e Alexandre Caiado já estavam confirmados. Pepê estava sendo muito criticado no meio da advocacia por “correr” do confronto com os rivais.

Assembleia de credores da Transbrasiliana é suspensa após muita confusão

A Recuperação Judicial da Transbrasiliana, que envolve um patrimônio estimado em R$ 300 milhões, promete ainda emoções fortíssimas. Num processo tumultuado, com uma série de denuncias de gestão fraudulenta veiculadas na imprensa, a última assembleia de credores, realizada na segunda-feira (19), sequer foi encerrada devido a intensas divergências.

Caiado começa a descobrir que governar é bem mais difícil do que ganhar eleição

Os problemas e pressões estão à mesa e não adianta chorar. A população quer resultados. A lua de mel com o governante eleito tem prazo de validade. As faturas começarão a ser cobradas logo, por aliados e pela sociedade. Por enquanto, Caiado ainda não desceu do palanque, mas já dá para perceber que ele está paralisado pela nova realidade.

Enquanto Caiado ameaça os incentivos fiscais, Minas, DF e Santa Catarina avançam em mais benefícios para atrair indústrias

Influenciado por técnicos da Sefaz que são contrários à atual política de incentivos fiscais, Ronaldo Caiado lança um névoa de incertezas e insegurança na economia do Estado, ameaçando promover mudanças profundas no modelo de atração de empresas. É muito preocupante o assunto.

Deputados e aliados reclamam que Caiado não chamou ninguém para conversar sobre secretariado

Fiel ao estilo de fazer política de forma solitária e egocêntrica, Ronaldo Caiado ainda não chamou deputados e aliados para conversar sobre a montagem do secretariado. Claro que a atitude gera um clima de grande insatisfação e revolta. Os parlamentares e aliados querem participar do governo com indicações, o que é legítimo. Eles ajudaram a eleger Caiado.

Aliado raiz de Caiado desde a primeira hora, Delegado Waldir é ignorado por Caiado na disputa pelo comando da Câmara

O deputado federal Delegado Waldir é candidato à presidência da Câmara em Brasília e até agora não recebeu sequer um aceno público de apoio de Ronaldo Caiado. O parlamentar reeleito é o que se pode chamar de aliado raiz do demista. Foi o primeiro a dar apoio a Caiado, quando a candidatura ainda dava os primeiros passos e não tinha musculatura política.

Unilever é apenas o começo: mais empresas vão deixar Goiás com o fim dos incentivos fiscais

Apesar do esforço em classificar a decisão da Unilever como gesto isolado e resultado da estratégia da empresa, a transferência da plana da indústria de Goiás para Minas Gerais representa muito mais do que supostamente parece. Trata-se da ponta do iceberg de incertezas e insegurança que as ameaças de fim dos incentivos fiscais causam no empresariado.

Começou a fuga de indústrias: ameaças de Caiado levam Unilever a deixar Goiás

Gigante multinacional que concentrou toda a produção em Goiás desde 2006, a Unilever vai fazer o caminho inverso agora. Está de malas prontas para deixar o território goiano e transferir as plantas industriais para Minas Gerais. É o que mostra reportagem desta terça-feira do jornal O Popular.

Reta final da eleição na OAB: sem fatos novos e sucessão de erros na comunicação destrambelhada, Pepê vê Alexandre Caiado se aproximar

Faltando poucos dias para a eleição da OAB-GO, as emoções estão reservadas para a disputa acirrada pelo segundo lugar entre as chapas lideradas por Alexandre Caiado e Pedro Paulo de Medeiros. Lúcio Flávio navega em águas calmas e mantém o amplo favoritismo para ser reeleito, numa campanha marcada pelo alto nível, liderança absoluta em todas as pesquisas e propostas responsáveis e aprovação maciça dos advogados à gestão dele.

Exclusivo: de olho nas eleições futuras, Wilder quer suceder Joaquim Roriz e ser o vice-rei do Entorno do DF

Com colégios eleitorais expressivos como Luziânia e generosas oportunidades notadamente na área da construção, o controle político e administrativo de Wilder sobre a região renderia não só bons negócios, mas também uma montanha de votos para eleições futuras para o Senado – e até mesmo, se vingar, para o governo de Goiás e ou mesmo para o governo do Distrito Federal.

Caiado procura, convida, mas não acha nomes de peso para compor o secretariado

Ronaldo Caiado enfrenta dificuldades para a formação da equipe de auxiliares que o ajudará a governar Goiás a partir de janeiro próximo. Ele quer montar um time de peso, com renome nacional para dar visibilidade à gestão dele em todo o país. O sonho é este, mas a realidade é dura e não permite ao governador eleito realizá-lo.