Incomodado com a consistência das críticas da oposição, caiadismo ataca e tenta calar Vanderlan, Talles e Lêda

Incomodado e desestabilizado pela consistência e qualidade das críticas, o caiadismo começa a tentar uma ação de ataque antidemocrático, fascista e autoritário ao senador Vanderlan Cardoso, e os deputados estaduais Talles Barreto e Lêda Borges. Caiadistas usam o falso e ridículo argumento que a atuação oposicionista pode vitimar famílias humildes. Na verdade, querem calar a oposição e governar sem o contraditório e querem que todos digam amém, mesmo quando o governo erra. E erros é o que não falta no governo Caiado. O papel da oposição, para quem não sabe ainda, é apontar as más condutas governistas.
Isso tem nome, gente: é  ditadura.