“Rodovia encontra-se tomada por buracos, num avançado estágio de degradação, em decorrência da omissão da Goinfra na manutenção”

Atendendo pedido da Promotoria de Justiça de Flores de Goiás, o juízo da comarca local concedeu, em parte, antecipação de tutela para determinar à Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) que realize, em 45 dias, operação tapa-buracos na Rodovia GO-114, no trecho entre a cidade e o trevo da BR-020. Na ação civil pública, os promotores de Justiça Samuel Sales Fonteles e Douglas Chegury solicitaram que fosse determinado o recapeamento da massa asfáltica, uma vez que a “rodovia encontra-se tomada por buracos, num avançado estágio de degradação, em decorrência da omissão da Goinfra na deflagração de manutenção preventiva e corretiva”.