Karlos Cabral quer escrever o nome do deputado em carros, botinas e dentaduras comprados com dinheiro de emenda parlamentar

O deputado Karlos Cabral (PDT) anunciou que vai apresentar emenda à PEC do deputado Bruno Peixoto (MDB), que extingue o princípio da impessoalidade na propaganda oficial e permite a divulgação de obras e serviços viabilizados por emendas parlamentares.

Se a PEC de autoria de Bruno já é uma excrescência porque permite fazer divulgação de caráter pessoal com benefícios viabilizados com dinheiro público, a emenda anunciada por Karlos Cabral é pior que o soneto.

Cabral, que já foi do PT, quer registrar o nome do deputado no bem público, conforme ele exemplificou: se um carro for comprado por meio de emenda parlamentar, o nome do respectivo deputado será estampado no veículo porque foi ele quem conseguiu o benefício.

Se vale para automóveis, certamente vai valer para botinas e dentaduras.