Contra Caiado, produtores culturais goianos fazem novo protesto nesta sexta

Produtores culturais goianos vão voltar à porta do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, nesta sexta-feira, para promover nova manifestação  contra Caiado, pelo desmonte dos projetos da área. Eles protestam em frente ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira, sede do Governo Estadual, contra a falta de pagamento do Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás (FAC). A ideia é repetir o protesto  de ontem com o mesmo formato. De acordo com a organização do evento, 34 atrações de música, dança, teatro, entre outras, estão confirmadas.

Ontem, o ato começou às 15 horas da tarde. Artistas e produtores culturais fizeram várias apresentações em cima de um carro de som até as 19 horas desta quinta.

Os organizadores do ato afirma que esse novo formato tem o objetivo de tentar criar uma forma diferente de diálogo.E também  que a atividade cultural é importante para o crescimento da economia do país: a cultura nacional recebe apenas 0,5% de investimentos por parte do poder público e retorna 4,5% ao PIB.

Eles cobram ainda o cumprimento da Lei Goyazes, que até o momento não divulgou a lista de projetos homologados. O governo estadual também não fez o pagamento aos premiados no 20º Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), que ocorreu em julho do ano passado.