Efeito Caiado: Dados do Caged apontam que Goiás é o segundo pior em geração de empregos

Os sete primeiros meses de Caiado à frente do governo foram desastrosos para a geração de empregos em Goiás. O último desempenho que o Estado teve em relação à geração de empregos foi baixo. O número de vagas de trabalho com carteira assinada geradas no mês de junho é o segundo pior em 15 anos. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na última quinta-feira (25), o saldo de 2.077 postos de trabalho formais (entre admissões e demissões) só superou o de 2015 no mesmo período (1.863).