Enel: executivos da empresa zombam de tentativa de Caiado para cassar a concessão da empresa. Tratam como factoide do governador

O G24H apurou que os executivos da Enel, tanto em Goiás, como no Brasil e na Itália, não levam a sério a pressão de Caiado para cassar a concessão da empresa para explorar a distribuição de energia no estado. Eles sabem que um processo desses para ser levado ao cabo duraria anos a fio. O entendimento da companhia é que a Eletrobrás não cairia na esparrela de quebrar um contrato com uma multinacional somente para agradar o governador goiano. eles interpretam, segundo a fonte, que tudo não passa de um factoide caiadista, numa tentativa de desviar a atenção do fracasso administrativo do governo. “Caiado joga para a plateia, mas vai se dar mal, quando cair na real”, diz um deles.