Lissauer destaca instalação de academia ao ar livre no projeto de revitalização do Bosque dos Buritis

Presidente do Poder Legislativo goiano, o deputado Lissauer Vieira (PSB), destacou que o projeto de revitalização do Bosque dos Buritis em parceria com a Prefeitura de Goiânia tem avançado a cada dia. Segundo ele, está garantida a instalação de uma academia ao ar livre no parque, onde também fica situada a sede da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), no setor Oeste da capital.
Segundo Lissauer, essa medida é uma ação dentro do Projeto Viver Bem, que já é realizado pela Casa com o objetivo de incentivar a saúde e o bem-estar dos servidores e da comunidade. No dia 1º de setembro será realizada a 1ª Corrida de Rua da Alego, de caráter solidário em prol do Hospital do Câncer Araújo Jorge.
O presidente destaca que a Casa vai seguir dando continuidade a projetos voltados à saúde com a intenção de aumentar a qualidade de vida de servidores e dos visitantes do  Legislativo goiano. Lissauer reforça que em breve serão divulgadas novas ações dentro do Projeto Viver Bem.
O direto de Planejamento Estratégico da Alego, André Ariza, afirma que o projeto de revitalização é fruto de parceria com a Prefeitura de Goiânia e ainda outras instituições. “Neste caso específico (da academia ao ar livre) nos juntamos com a prefeitura de Goiânia e ainda estamos na expectativa de firmarmos mais parcerias para viabilizarmos uma melhor estrutura e a revitalização deste importante parque da Capital.”
Ariza informa que a Alego já conseguiu a doação de dois conjuntos de equipamentos para a instalação de academias ao ar livre. “Um deles estamos repassando para que seja instalado aqui no Bosque dos Buritis. O outro iremos sortear dentre os municípios participantes da 1ª Corrida de Rua da Alego, que é uma outra ação na qual a Casa é parceira através do Projeto Viver Bem”, anuncia.
Bosque dos Buritis
O Parque Urbano Bosque dos Buritis fica no Setor Oeste em Goiânia. A reserva ambiental é o mais antigo patrimônio paisagístico de Goiânia. Foi projetado no Plano Oriental da cidade para ser uma área verde. Possui 141.500 metros quadrados, cercado por árvores, lagos, e plantas rasteiras. Conta com três lagoas artificiais abastecidas pelo córrego Buriti e por vários canais subterrâneos. Em uma delas está o maior jato d’água da América do Sul.
Desde a ocupação da cidade até os dias atuais, a área vem experimentando muitas interferências que desfiguram suas características originais. A vegetação nativa foi, em certas partes, substituída por plantas exóticas, restando somente 10% da vegetação original. Já foram implantados no bosque calçadão de caminhada, alambrado, calçamento interno, meios-fios, lagos, cascatas e lanchonete.

No local, se encontra o Centro Livre de Artes, o Museu de Arte de Goiânia e duas obras que muito agradam o gosto dos goianienses e também dos turistas que passam por ali, que são: o Monumento à Paz Mundial, que abriga terras provenientes dos mais diversos países e uma fonte que chega a atingir cinquenta metros de altura, que é a maior da América do Sul, mas que atualmente está desativada.