Mais rolo em Santa Helena: Câmara exonera servidora que MP suspeita ser fantasma

Além do caso de nepotismo envolvendo o genro do presidente da Câmara Municipal de Santa Helena, Francisco Dantas da Silva, o poder Legislativo da cidade tenta abafar um outro escândalo em potencial relacionado a uma servidora supostamente fantasma. O nome dela é Marly Rosa da Silva Sousa. Foi exonerada no dia 6 de junho depois que o Ministério Público abriu ação para investigá-la.