Caiado dá sinais de que pode cometer abuso de autoridade contra adversários políticos e jornalistas que critiquem ele e governo

Chegou ao nível máximo a tensão político no Palácio das Esmeraldas, efeito colateral da paralisia do governo Ronaldo Caiado (DEM).

A ordem de Caiado é sufocar críticas de adversários políticos e jornalistas que criticarem ele e a administração.

O movimento sinaliza para abuso de autoridade, já que a pressão para calar as opiniões contrárias só aumenta.

Estamos diante de um estado policialesco.