Prefeito Valmir Pedro sai em defesa da UEG: “Não pode ser sacrificada”, diz ele nas redes sociais

O prefeito de Uruaçu, Valmir Pedro, saiu em defesa da UEG: “Não pode ser sacrificada”, postou ele nas redes sociais. Veja o que disse:
“Sabemos que os gastos públicos precisam ser controlados para que os serviços prestados a comunidade não percam qualidade, mas sacrificar a UEG dentro de um processo de contenção de gastos não é o melhor o caminho.
Hoje, o jornal   O Popularp mostrou que a biblioteca da UEG de Uruaçu não está funcionando dentro da normalidade por falta de funcionários e que vários outros servidores serão demitidos.
A imprensa goiana também traz a notícia de um projeto do governo de Goiás que tramita na Assembleia Legislativa que tem como objetivo incluir os 2% do orçamento que a UEG tem direito dentro dos 25% da educação. Com esse projeto, não só a UEG será sacrificada;  o ensino básico também será afetado de forma muito negativa.
A UEG é um patrimônio dos goianos,  me formei na UEG, portanto a defesa dessa instituição também é minha obrigação !”